Alguma coisa tem de ser feita com urgência, para evitar a falência hídrica do Rio de Janeiro, a contaminação do Rio Guandu está aumentando diariamente.

Nesta última quarta-feira (20), foi aberta as comportas para limpar o Rio Guandu das gigogas, lixo e o excesso de esgoto. O cheiro após abertura das comportas ficou insuportável, uma podridão, a lama parecia uma gosma grudenta. Pescadores correram para ver se conseguiam pegar peixes que ficam agarrados na lama, mas só tinha peixes mortos.

“Inacreditável que a Cedae faz para purificar está água para as pessoas beberem, uma mágica. É difícil de explicar o formato da água, a espuma ficou verde é parece uma gosma grudenta. O pior de tudo, é que culpa disso caia no colo dos dirigentes da Cedae. Cada político que entra coloca a culpa no outro que saiu. Na realidade o dinheiro para investimento no saneamento básico a corrupção comeu”. Edson Monteiro, Coordenador Logístico do Pantanal Iguaçuano.

Quanto dinheiro a população tem de gastar para comprar água mineral para evitar de beber água contaminada? E aquelas pessoas que não tem dinheiro direito para comprar alimentação e é obrigada a comprar água mineral, porque tem criança pequena em casa ou pessoas doentes?

Alo INEA, fiscalize as empresas que estão jogando seu esgoto nos rios que cortam suas cidades. Pelo jeito só multar não está adiantando, tomem uma providência antes que a população comece a ficar doente por causa da água contaminada.