A Santa Missa Campal deste domingo (10), festeja o Batismo de Jesus Cristo; O Padre Paulo Sergio falou da importância do Batismo em nossas vidas.

No Domingo de hoje, que se segue à festa da Epifania, comemoramos o Batismo de Jesus nas águas do rio Jordão. Foi este o primeiro ato da sua vida pública, narrado nos quatro Evangelhos. Tendo chegado à idade de cerca de trinta anos, Jesus deixou Nazaré, foi ao rio Jordão e, no meio de muitas pessoas, fez-se batizar por João. O Evangelista Marcos escreve: “Logo ao sair da água, viu os céus se rasgarem e o Espírito, como pomba, descer sobre Ele. E dos céus veio uma voz: “Tu és o meu Filho amado; em ti, eu me agrado”. Nestas palavras: “Tu és o meu Filho muito amado”, revela-se o que é a vida eterna: é a relação filial com Deus, do modo como Jesus a viveu e nela revelou e concedeu. Hoje, conclui o tempo de Natal. 

“Eu vos batizei com água, mas ele vos batizará com o Espírito Santo”

A cena do batismo revela o traço fundamental da identidade de Jesus: sua condição de Filho amado de Deus. Outro elemento importante desta identidade é oferecido pelo quadro trinitário no qual a revelação é feita.

Do céu, o Pai se dirige ao Filho, e o Espírito Santo desce sobre ele, em forma de pomba. A origem divina de Jesus fica, assim, perfeitamente evidenciada. Ele provém do seio da Trindade, em cujo nome exercerá sua missão.

Daqui decorrem dois eixos da ação histórica de Jesus. Ela se desenrolará na mais absoluta fidelidade a Deus, refletindo-se nela o agir divino em favor da humanidade. Da fidelidade decorrerá a liberdade. Jesus não suportará que criatura alguma, nem mesmo as tradições religiosas se imponham em sua vida, de forma absoluta.

Ele jamais suportou a tirania da Lei e dos costumes do povo quando, contrastavam com o projeto do Reino de Deus. A pessoa e a ação de Jesus, sendo baseadas na fidelidade e na liberdade, suscitarão constantes conflitos. Apesar disto, como Filho amado, ele não abrirá mão do projeto traçado pelo Pai.

As Santas Missas

A Paroquia Nossa Senhora das Graças de Seropédica, está seguindo orientações da Arquidiocese de Itaguaí para evitar disseminação do Coronavírus, realizando as Santas Missas, embaixo das arvores ao ar livre, com distanciamento social, uso de mascara e álcool gel.

A área onde é realizado as Missas e toda gramada e arborizada, a comunhão eucarística é feito diretamente nas mãos, já limpas com álcool gel. O Padre Paulo Sergio, tem tomado todo cuidado com os fiéis, reduzindo o tempo da celebração para no máximo uma hora.