Quatro pessoas morreram no ataque, ocorrido na madrugada de sábado (9). Polícia ainda não divulgou qual a motivação do crime. Nas últimas duas semanas, quinze pessoas foram mortas na fronteira Brasil-Paraguai.
 
Um vídeo de câmeras de segurança mostra a ação dos atiradores que executaram quatro pessoas na saída de uma casa noturna, sendo um homem de 29 anos, a filha de um governador paraguaio e duas brasileiras, na madrugada deste sábado (9), em Pedro Juan Caballero, cidade no Paraguai que faz fronteira com Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul.
 

(veja o vídeo abaixo).

Nas imagens, é possível observar as quatro vítimas se aproximando da caminhonete branca em que estavam e entrando no veículo.

Logo depois, uma outra caminhonete para atrás do carro e, dela, saem três homens armados, que já descem atirando. Eles fogem na sequência.

Câmeras de segurança registraram a chegada das vítimas na caminhonete — Foto: Divulgação

Conforme a polícia, as quatro vítimas foram identificadas como: Haylee Carolina Acevedo Yunis, de 21 anos, filha de Ronald Acevedo, governador de Amambay, no Paraguai; Osmar Vicente Álvarez Grance, de 29 anos, conhecido como “Bebeto”; e as brasileiras Kaline Reinoso de Oliveira, de 22 anos, natural de Dourados, e Rhannye Jamilly Borges de Oliveira, de 18 anos, natural de Cáceres (MT).

As vítimas estavam em um veículo com placas do Brasil. Osmar e Haylee seriam namorados, e Kaline e Rhannye colegas da filha do governador paraguaio, todas estudantes de medicina na região de fronteira.

Fonte: UOL