Em todas as estações, não só no verão, é preciso manter o lixo longe das praias, pois são portas para os oceanos, habitat de 230 mil espécies e fonte de renda e de alimento da população. Mesmo assim, toneladas de lixo são coletadas a cada temporada para evitar que poluam os oceanos.

No entanto, a proteção de nossas praias contra a deposição de resíduos sólidos não deve ocorrer somente em alguns períodos do ano. Eles são, permanentemente, uma das principais formas de poluição marinha, especialmente aqueles de difícil decomposição. Ameaçam a fauna marinha, favorecem a propagação de pragas e doenças, e prejudicam a economia local. Se forem levados pelas correntes marítimas para longe da costa, se tornam um problema de difícil solução.

Neste final de semana Alexandre da TV Jaguanum foi ver de perto o trabalho realizado por moradores da Praia Grande em Mangaratiba em preservar o Meio Ambiente, e encontrou os moradores, pintando placas de aviso, colocando latões de lixo em toda a sua extensão.

“As férias ou qualquer dia de folga já são um convite para ir à praia, dar aquele mergulho e relaxar. Entretanto, este programa pode ser uma grande decepção se nos depararmos com a presença de sujeira e de lixo no local”.

Este problema ambiental acontece no mundo inteiro, mas chama atenção no Brasil, que é conhecido pelos seus 7 mil quilômetros de litoral que atraem pessoas de vários países.
Daí vem a importância de cada um fazer o seu papel na preservação e defesa das praias e do meio ambiente. Várias iniciativas estão sendo criadas para conscientizar e educar a população sobre o assunto, como o Projeto Preservar é Preciso.

A DIVULGAÇÃO É UMA PARCERIA TV JAGUANUM E SEROPÉDICA ONLINE