Estamos em outubro, em pleno outono, aproxima-se o inverno e com ele as infeções respiratórias que todos os anos afetam milhares de portugueses, enchendo os centros de saúde e levando ao caos nos serviços de urgência dos hospitais em todo o país.

Entre estas infeções inclui-se a gripe. Esta é causada por um vírus, o influenza, sendo normalmente uma doença benigna e que cura espontaneamente. Porém estas infeções podem tornar-se mais complicadas, podendo mesmo ser fatais, principalmente em indivíduos com doenças crónicas ou com mais de 65 anos de idade.

A gripe é no entanto uma doença prevenível, existindo uma vacina, que todos os anos é produzida de acordo com os tipos de vírus que foram responsáveis pelas infeções nos anos anteriores.

Esta vacina é fornecida gratuitamente em todos os centros de saúde a todas as pessoas com mais de 65 anos, aos portadores de determinadas doenças crónicas, em maior risco de desenvolver complicações após uma infeção pelo vírus da gripe ou ainda a grupos com maior risco de contato com este vírus como os bombeiros e os profissionais de saúde.

Existem muitas controvérsias relativamente a esta vacina, há casos de pessoas que apesar da vacinação contraem gripe, porém ao serem vacinadas estão protegidas contra as formas mais graves desta doença.

Assim, aconselha-se a todos os idosos bem como aos doentes com doenças crónicas, como a diabetes ou doenças respiratórias, que recorram ao seu centro de saúde e falem com o seu enfermeiro ou médico de família para perceberem se devem fazer a vacina.

Em relação à gripe, a prevenção é mesmo o melhor remédio por isso VACINE-SE.

Faça o seu comentário