Foram apreendidos 244 pássaros silvestres e a multa foi de R$ 812 mil

Ações contra o tráfico de aves da fauna brasileira geraram multas de cerca de R$ 1 milhão nos três últimos dias no interior de São Paulo. Somente em uma operação em Bauru, no noroeste do estado, nesta segunda-feira, a Polícia Militar Ambiental apreendeu 244 pássaros silvestres e aplicou multas de R$ 812 mil.

Segundo a polícia, as aves estavam em uma casa, na Vila Industrial, onde funcionava um criatório irregular. Os ambientais encontraram 10 aves mortas em razão de maus-tratos. Gaiolas, bebedouros e comedouros estavam em péssimas condições de higiene. 

Foi constatado o uso irregular de anilhas, indicando possível tráfico de aves. O proprietário do criadouro recebeu uma multa de R$ 50 mil pela falta de anilhas e de R$ 762 mil pelos maus-tratos dispensados às aves. Ele ainda vai responder a processo por crime ambiental. Os pássaros foram apreendidos e estão sendo examinados por veterinários.

 De acordo com a Polícia Militar Ambiental, aqueles que estiverem aptos a viver em liberdade serão imediatamente soltos em matas da região. Os demais passarão por readaptação à vida silvestre.

Faça o seu comentário