O Padre Jefferson Silva Oliveira, está à frente da Paroquia Maria Mãe da Igreja à 6 anos e já fez reforma da Matriz Maria Mãe da Igreja, a Igreja Nossa Senhora Aparecida, do Bairro Campo Lindo km 39, a Igreja Nossa Senhora da Imaculada Conceição, Bairro Campo Lindo km 41, e a Igreja São José, do Bairro Jardim das Acácias. 

Todo esse trabalho foi realizado com apoio e dedicação de toda comunidade das igrejas que compõe a Paroquia Maria Mãe da Igreja. Atualmente o novo projeto e a Reforma e Ampliação da Igreja São Jorge do Bairro Vera Cruz que ficou pequena pelo número de fies que cada dia aumenta mais, sendo preciso colocar cadeiras no lado de fora da igreja para acomodar todos que participam das Santas Missas.

Neste último dia 9 de setembro a comunidade da Igreja São Jorge realizou uma Macarronada para angariar fundos para o novo investimento. Foi um Jantar maravilhoso, com uma variedade de massas e molhos. Por fim foi realizado um Bingo com sorteios de alguns brindes.

O Papa Francisco em sua  Homilia disse:

 Igreja sempre tem necessidade de ser reformada, “Cada um de nós é uma pequena pedra, mas nas mãos de Jesus participa da construção da Igreja”, a Igreja que “sempre precisa ser reformada, reparada”, pois mesmo com fundamentos sólidos, tem rachaduras. Foi o que afirmou em síntese o papa Francisco este domingo, na alocução que precede a oração do Angelus.

(Nós seguidores de Cristo precisamos ser reformado diariamente)

Assim, o Mestre descobre que “graças à fé dada pelo Pai, existe um fundamento sólido sobre o qual se pode construir a sua comunidade, a sua Igreja. Por isto diz a Simão: “Tu és Pedro – isto é, rocha – e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja”:

“Também conosco, hoje, Jesus quer continuar a construir a sua Igreja, esta casa com alicerces sólidos, mas onde não faltam rachaduras, e que tem contínua necessidade de ser reparada. Sempre. A Igreja sempre tem necessidade de ser reformada, reparada”.

Mas nos sentimos pedras pequenas e não rochas – observou o papa, acrescentando:
“Todavia, nenhuma pedra pequena é inútil, antes pelo contrário, nas mãos de Jesus a menor pedra se torna preciosa, porque Ele a recolhe, a guarda com grande ternura, a trabalha com o seu Espírito, e a coloca no seu lugar certo, que Ele desde sempre pensou e onde pode ser mais útil para toda a construção. Cada um de nós é uma pequena pedra, mas nas mãos de Jesus participa da construção da Igreja”.

Faça o seu comentário