O Projeto Vem Passarinhar, foi desenvolvido pelo INEA e tem como objetivo de estimular a atividade de observar aves nas unidades de convervação reconhecidadas pelo Instituto Estadual do Ambiente do RJ.

Os resultados alcançados pelas atividades de observação de pássaros nas unidades de conservação demonstram a importância da participação da população na geração de conhecimento, conservação e preservação da avifauna brasileira. A iniciativa é reconhecida como importante para a gestão das unidades de conservação estaduais. 

O Vem Passarinhar teve início em 2015. Apesar do curto período de criação, já apresenta resultados expressivos em favor da conservação e do papel educador que a atividade de observação de aves pode oferecer.

O Vem Passarinhar sera realizado desta vez na área de proteção ambiental do Guandu em Paracambi. O encontro sera realizado a partir da 7 horas na Praça da Fabrica, em frente ao Clube Municipal Cassino.

A Área de proteção ambiental (APA) do Guandu, sob o domínio do bioma Mata Atlântica, essa unidade de conservação possui 742,5 km² de área e abrange os municípios de Miguel Pereira, Paracambi, Piraí, Engenheiro Paulo de Frontin, Itaguaí, Seropédica, Nova Iguaçu, Japeri, Queimados, Vassouras e Rio Claro.  Ela sobrepõe e fortalece várias unidades desses municípios, como a APA do Rio Santana, o Parque Natural Municipal da Rocha Negra e o Monumento Natural da Gruta dos Escravos.

 

Faça o seu comentário