Político teve contas reprovadas pelo TCE quando foi prefeito em Nova Iguaçu

As contas reprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado de quando foi prefeito de Nova Iguaçu são a base da impugnação do registro do senador Lindbergh Farias (PT), candidato à reeleição, no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) feita pela Procuradoria Regional Eleitoral no Rio de Janeiro.

A Corte irá notificar Lindbergh para apresentar defesa. Candidatos condenados em órgãos colegiados como os tribunais de contas ficam inelegíveis por oito anos desde a Lei da Ficha Limpa.  

Foram julgadas irregulares as contas do então prefeito a dispensa de licitação com relação a um contrato entre a Prefeitura e a Fundação Apoio à Universidade do Rio de Janeiro para uma consultoria no valor de R$ 1,9 milhão e  superfaturamento de R$ 198 mil em aluguel de vans.

Fonte: O DIA