Eduardo de Barros Almeida foi atingido na comunidade Parque Royal na manhã desta terça-feira. Com a morte do tenente, chega a 14 o número de policiais mortos no estado em 2018

Um policial militar foi morto a tiros durante um confronto, na manhã desta terça-feira, na Ilha do Governador. De acordo com a corporação, o tenente Eduardo de Barros Almeida, de 30 anos, foi atingido em troca de tiros em uma operação na comunidade Parque Royal. Lotado no 17º BPM (Ilha do Governador), ele chegou a ser socorrido e levado ao Hospital Municipal Evandro Freire, mas não resistiu.

Barros era casado e estava na corporação desde 2011. Até o momento, nenhum suspeito foi preso. Com a morte do tenente, chega a 14 o número de policiais mortos no estado em 2018.

PM reformado é morto a tiros em Magé

Na noite desta segunda-feira, um policial militar reformado foi morto a tiros, em Magé, na Baixada Fluminense. O terceiro sargento Vaulir Richard de Almeida Costa, de 49 anos, estava perto do supermercado onde trabalhava quando foi assassinado com vários tiros.

De acordo com o 34º BPM (Magé), Vaulir caminhava pela Estrada Nova de Mauá, próximo ao local de onde ele trabalhava como segurança de supermercado, quando três criminosos passaram em um carro, um Corolla prata, atiraram várias vezes e fugiram em seguida. 

O PM reformado chegou a ser socorrido e levado para um posto médico da região, mas não resistiu aos ferimentos. As primeiras investigações da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) apontam para um caso de execução.

Faça o seu comentário