A Receita Federal junto com a Polícia Federal e a Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core) da Polícia Civil apreenderam nesta sexta-feira (6), no Porto do Rio de Janeiro, quase uma tonelada de cocaína.

As investigações indicaram que a carga iria para o Porto da Antuérpia, na Bélgica, Europa, em quatro contêineres. Segundo informações da polícia, mais de 750 quilos da suposta droga já haviam sido contabilizados por volta das 18h desta sexta.

Grande parte da droga, de acordo com investigadores, estava escondida em “big bags”, nome dado a sacos utilizados para enviar minério de silício para a Europa.

A operação conjunta, que contou com o apoio da Polícia Federal, também ocorreu portos secos no Caju, na Região Metropolitana do estado.

A Polícia Federal informou que as substâncias encontradas foram submetidas ao laudo pericial criminal preliminar e o resultado foi positivo para cocaína. O entorpecente apreendido será encaminhado à Superintendência da Polícia Federal no Rio, onde será realizada a pesagem definitiva da carga ilícita.

Carga seria destinada para o Porto da Antuérpia, na Bélgica, em quatro contêineres. — Foto: Divulgação

Carga seria destinada para o Porto da Antuérpia, na Bélgica, em quatro contêineres. — Foto: Divulgação

Até o início da noite, mais contêineres estavam sendo verificados no Terminal da MultiRio. Cães farejadores da Core vasculhavam os compartimentos enquanto produtos que seriam exportados eram verificados por agentes em Portos Secos no Caju.

Segundo as investigações, a rota foi mudada para a Bélgica depois que criminosos perderam duas cargas no Porto de Roterdã, na Holanda, este ano. O quilo da cocaína estaria valendo entre 40 e 45 mil euros na Bélgica.

Por: G1