Nesta quinta-feira (24) foi realizado a manutenção preventiva anual da Cedae.

Para realização do serviço e aberto as comportas onde as águas do Rio Guandu abaixam mais de 5 metros, colocando amostra o fundo do canal. Com isso os peixes acabam ficando presos na lama, sendo fácil de pesca-los.

Uma das coordenadoras de Meio Ambiente do Pantanal Iguaçuano, Daniela Martins Pereira Barbosa, que atualmente está afastada no período eleitoral, registrou em vídeo que no Bairro Lagoinha, existem várias mulheres que vivem através da pescaria.

O Coordenador Logístico do Pantanal Iguaçuano, Edson Monteiro, tirou várias fotos mostrando a quantidade de lixo que existe no fundo do Rio Guandu, entre garrafas pet, sacos plásticos, pneus, copos, sofás etc. Edson pede a população que cuidem com carinho do Rio Guandu, porque um dia pode virar um Rio de Esgoto, como é o Tiete de São Paulo.

Os municípios e Industrias que ficam próximo ao Rio Guandu jogam o esgoto sem tratamento, causando espuma e mau cheiro. No munícipio de Paracambi, inicia a degradação do Rio Guandu, onde as empresas jogam material químico, e esgoto nos afluentes, matando vários animais.

Faça o seu comentário