Na tarde deste sábado (16), três paraquedistas Civis que faziam treinamento de salto na área da UFRRJ no km 42, foram surpreendidos por ventos fortes que jogou os três em direção aos Fios de Alta Tensão das Torres das Furnas Centrais Elétricas.  

Um dos paraquedistas ficou com seu paraquedas agarrado nos Fios de Alta Tensão e acabou caindo de uma altura de 300 metros, tendo múltiplas fraturas vindo a óbito no local. O segundo paraquedista colidiu com a estrutura da torre tendo vários ferimentos na mão direita, e o terceiro paraquedista nada sofreu.

Os bombeiros Militares de Seropédica andaram por cerca de 9 km dentro do mato até a área do acidente para resgatar o corpo do jovem Jean de 38 anos que tinha vindo a óbito. O estranho deste fato é que toda vez que tem saltos de paraquedas nesta área, sempre tem uma viatura ou Picape tanto da viação Militar quanto da civil para resgatar os paraquedistas, e o carro que veio resgatar era uma Uber alugada.

O paraquedista Jean de 38 anos veio do Paraná para fazer treinamento na Escola de Paraquedista de Jacarepaguá e acabou falecendo na queda. Os outros paraquedistas foram identificados como: Madson Luiz Nunes de 31 anos, que teve ferimentos na mão e Marcos Vinicius Souza Rocha de 18 anos que nada sofreu.

Todos os envolvidos no acidente, inclusive o responsável pela escola de paraquedistas, foram encaminhados para 48º DP para prestarem esclarecimentos.

Participaram do socorro os Bombeiros de Seropédica, da Guarnição VTR ASE 373, 1º SGT LUSTOSA, 3º SGT FURRIEL e 3º SGT GARCIA. Os Bombeiros da Guarnição ABS 062, Sub Ten Alexandre Santos, 1º SGT Cleumir, e o 2º SGT Alexandre Reis.

Compareceu ao Local a Viatura da PRF, com os Policias Federais:  Roger Azeveredo e Gama.

O Seropédica Online acompanhou o socorro dentro da Aréa da UFRRJ