Meu Pai Iony Calderini era Ex-combatente recebeu medalhas por sua atuação na II Guerra mundial

Eu perdi meu Pai há três anos, isso me deixou como tivesse ficado aleijado, faltando um membro em mim, lembro que ele deixava de comprar roupas para ele, para não deixar passar em branco o Natal de seus oito filhos. Pai amigo, carinhoso, dedicado, que procurou ensinar uma profissão para mim e meus irmãos, hoje graças a isso sou aposentado. Aos domingos ele acordava todos nós cedo, para irmos à igreja assistir a Santa Missa, desta forma nos ensinou a ser temente a Deus.

Sou eternamente agradecido.

História do dia dos Pais

segundo domingo de agosto é uma data especial para muitas pessoas, pois nele é celebrado o Dia dos Pais. É uma data em que celebramos e homenageamos o pai, essa figura importante em toda família e que dedica amor e energia para cuidar dos seus filhos, dando a melhor criação possível a eles.

O Dia dos Pais, como veremos, é celebrado internacionalmente, mas cada país tem a sua data específica para a celebração. Criada no começo do século XX, nos Estados Unidos, essa data comemorativa chegou ao Brasil na década de 1950 e foi sugerida por um publicitário que trabalhava em um jornal carioca.

Alguns escritores falam que homenagens aos pais já eram realizadas na Mesopotâmia, mas o Dia dos Pais é uma celebração moderna que surgiu nos Estados Unidos, no começo do século XX. Consideramos que a pessoa que idealizou o Dia dos Pais foi Sonora Smart Dodd, uma artista norte-americana que escrevia livros infantis e poemas.

Ela teria criado o Dia dos Pais como uma forma de homenagear o seu pai, William Franklin Smart, um homem que criou seus filhos sozinho depois que sua mulher, Ellen Smart, faleceu durante o parto do sexto filho do casal. Sonora Dodd considerava seu pai um exemplo do amor e proteção que a figura paterna pode oferecer para os filhos|1|.

Sua ideia de criar uma data comemorativa para os pais surgiu quando ela assistiu a um sermão em sua igreja sobre a recém-criada data dos Dia das Mães, idealizada pela norte-americana Anna Jarvis e comemorada pela primeira vez em 1908. Sonora Dodd propôs então a criação do Dia dos Pais em 1910, e sua ideia inicial era de que a celebração acontecesse em 5 de junho, no aniversário de seu pai.

No entanto, não houve tempo suficiente para preparar-se a comemoração nessa data específica, e ela só foi realizada no 19 de junho de 1910, no terceiro domingo do mês. A celebração de Sonora Dodd chamou a atenção de William Jennings Bryan, um influente político norte-americano no começo do século XX que passou a fazer lobby pela oficialização da data.

Isso fez com que a data comemorativa criada por Sonora Dodd ganhasse repercussão nacional. Em 1916, o presidente dos Estados Unidos Woodrow Wilson foi a Spokane, cidade de Dodd, celebrar o Dia dos Pais. Ele tentou transformar a data em feriado nacional, mas não obteve apoio dos congressistas.

Levou algum tempo até que o Dia dos Pais recebesse a oficialização do governo como data comemorativa nos Estados Unidos. Em 1966, o presidente Lyndon Johnson reconheceu a celebração da data no terceiro domingo de junho. Em 1972, o presidente Richard Nixon emitiu uma resolução oficializando o terceiro domingo de junho como Dia dos Pais e transformando-o em feriado nacional.

Dia dos Pais no Brasil

Dessa forma, agora sabemos que o Dia dos Pais foi uma data comemorativa que surgiu nos Estados Unidos. Ela foi trazida para o Brasil em 1953 por ideia de Sylvio Bhering, um publicitário que dirigia o jornal O Globo e a Rádio Globo. O objetivo de Bhering era usar a data para garantir maior arrecadação de publicidade para o jornal e a rádio.

A proposta de Bhering mencionava a comemoração do Dia dos Pais em 16 agosto, e a primeira celebração do tipo aconteceu no dia 16 de agosto de 1953. A justificativa para a escolha dessa data foi que em 16 de agosto celebra-se São Joaquim, pai de Maria e avô de Jesus Cristo.

A proposta de Bhering tinha como objetivo alcançar apenas o Rio de Janeiro, mas popularizou-se pelo país todo. Entretanto, uma data fixa para o Dia dos Pais não se mostrou algo muito prático para a celebração porque poderia cair em dias úteis (dias da semana), tornando-a mais complicada. Assim, a data foi movida para o segundo domingo de agosto, da mesma forma que o Dia das Mães é celebrado no segundo domingo de maio.

No Brasil o Dia dos País será celebrado, nos próximos anos, nestes dias:

  • 2020: 9 de agosto
  • 2021: 8 de agosto
  • 2022: 14 de agosto

Dia dos Pais no mundo

O Brasil é o único país no mundo que comemora o Dia dos Pais no segundo domingo de agosto. A data mais comum adotada no estrangeiro é o terceiro domingo de junho (quando a comemoração ocorre nos Estados Unidos). Outros países que também celebram o Dia dos Pais no terceiro domingo de junho são Reino Unido, Tunísia, Cingapura, Peru, Países Baixos, Cuba e Albânia.

Na Bolívia, Croácia, Espanha e Portugal, a data é fixa: 19 de março. Na Alemanha comemora-se o Dia dos Pais no dia da Festa da Ascensão, data tradicional do catolicismo celebrada em uma quinta-feira, 39 dias depois da Páscoa. No Uruguai, comemora-se o Dia dos Pais no segundo domingo de julho, e na República Dominicana, no último domingo de julho.

Como podemos perceber, cada país comemora o Dia dos Pais em um momento diferente. Independentemente da data, o importante é celebramos e homenagearmos os pais.

2
Militares Homenageiam meu pai na passagem do Desfile Cívico

 

 

Faça o seu comentário