Portal é um canal direto e permanente de comunicação com a sociedade

Ontem, foi lançado o novo site da Operação Lei Seca, um canal direto e permanente de comunicação com a população. O endereço é www.operacaoleisecarj.rj.gov.br.

Em um ambiente fácil de navegar, os internautas encontram notícias, dicas de trânsito e depoimentos de agentes e motoristas. Com atualizações constantes, serão fornecidas informações sobre a legislação de trânsito vigente e estatísticas oficiais. Além disso, os usuários encontrarão informações sobre segurança no trânsito, direção defensiva e prevenção de acidentes.

– O site é uma plataforma importante de relacionamento da operação com a sociedade. Nestes oito anos da Lei Seca no Rio, percebemos que as ações se tornaram parte da rotina dos cidadãos fluminenses. E é muito importante mantermos esse diálogo. Aperfeiçoamos constantemente o nosso trabalho e, para isso, contamos com a ajuda de todos – explicou o coordenador da Operação Lei Seca, tenente-coronel Marco Andrade.

Notícias

O site conta com uma seção dedicada às notícias: com conteúdo produzido a partir de factuais da operação, notícias veiculadas pela imprensa e, ainda, matérias produzidas por parceiros externos como, por exemplo, a série de reportagens intitulada Álcool e trânsito, produzida pela Fundação Oswaldo Cruz, que trata dos acidentes de trânsito motivados pelo consumo de bebida alcoólica antes
de dirigir.

Agenda

Há um destaque destinado à agenda de palestras que são promovidas, diariamente, pela equipe de educação da Lei Seca. Desde 2009, mais de 1.800 palestras foram realizadas em escolas, universidades e empresas de todo o estado, contando com a participação de agentes cadeirantes, vítimas de acidentes de trânsito provocados pelo consumo de álcool. O internauta também pode fazer críticas, elogios ou sugestões.

Nas redes

A presença digital da Operação Lei Seca nas redes sociais Facebook, Twitter e Instagram vem acompanhando a evolução tecnológica e permite maior interação com a sociedade. Os internautas encontram conteúdo exclusivo, informações oficiais, bastidores das operações, histórias dos agentes cadeirantes – responsáveis pelo trabalho de educação e conscientização, além de poder esclarecer dúvidas sobre a Operação Lei Seca.

Números da ação

Em oito anos, foram realizadas mais de 18 mil ações de fiscalização por todo o estado e mais de 2,5 milhões motoristas foram abordados. Destes, cerca de 172 mil pessoas apresentavam sinais de embriaguez e tiveram suas carteiras de habilitação recolhidas pela Operação Lei Seca.

Segundo a legislação de trânsito em vigor, quem é flagrado dirigindo sob a influência de álcool ou de qualquer substância psicoativa, terá a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) suspensa por 12 meses, pagará multa de R$ 2.934,70, terá retenção do veículo até a apresentação de um condutor habilitado e o recolhimento do documento de habilitação. Caso seja flagrado novamente, em até 12 meses, a multa será aplicada em dobro: R$ 5.869,40.

Faça o seu comentário