De acordo com o órgão, o montante é de R$ 240,3 milhões e será recolhido pela Justiça

 
Fonte: O DIA