O suspeito é o chefe do tráfico da Favela da Linha, que fica no conjunto de favelas da Zona Norte do Rio. Com ele, subiu para quatro o número de mortos no tiroteio

Rio – Três suspeitos morreram e um ficou baleado durante uma troca de tiros que aconteceu na Operação Dois Irmãos, que as polícias Civil e Militar fazem, desde as primeiras horas da manhã desta sexta-feira, no Complexo do Chapadão. A ação é para prender criminosos do conjunto de favelas da Zona Norte do Rio envolvidos com tráfico de drogas e roubo de cargas e de veículos na região.
Os mortos e o baleado foram levados ao Hospital Estadual Carlos Chagas, em Marechal Hermes. Uma quinta pessoa estava dentro do veículo, mas não sofreu ferimentos e foi presa. Nenhum deles tiveram suas identificações divulgadas.

Galeria de Fotos

Os tiros atingiram um ponto de ônibus próximoESTEFAN RADOVICZ / AGÊNCIA O DIA

O carro em que os suspeitos estavam ficou com muitas marcas de tiroESTEFAN RADOVICZ / AGÊNCIA O DIA

O carro em que os suspeitos estavam ficou com muitas marcas de tiroESTEFAN RADOVICZ / AGÊNCIA O DIA

Os tiros atingiram um ponto de ônibus próximoESTEFAN RADOVICZ / AGÊNCIA O DIA

Troca de tiros aconteceu por volta das 7hREPRODUÇÃO / INTERNET

Carro ficou com várias marcas de tiroREPRODUÇÃO / INTERNET

De acordo com testemunhas, os cinco estavam em um Honda WR-V vinho fugindo da comunidade Final Feliz, no Chapadão, por volta das 7h quando deram de cara com duas viaturas da PM. O caso aconteceu na Estrada do Camboatá, na esquina com a Rua Fernando Lobo, em Guadalupe.
Ao se depararem com os policiais, os criminosos atiraram e houve uma intensa troca de tiros. Uma granada que estava com os suspeitos chegou a explodir dentro do veículo.
Um vídeo que circula na Internet mostra o momento do confronto; assista!
Carro é metralhado e três pessoas morrem durante operação no Chapadão
Vídeo incorporado
Um outro vídeo mostra o momento logo após a troca de tiros; confira!
De acordo com a Polícia Militar, os tiros chegaram a atingir um ponto de ônibus próximo, que estava vazio. O carro em que os criminosos estavam tinha a placa adulterada.
Além dos baleados e do preso no Camboatá, a operação teve, até o momento, três pistolas Glock, duas granadas apreendidas, carregadores e drogas apreendidas. O material estava com os bandidos do Honda WR-V.
A ação de hoje é comandada pelo 41º BPM (Irajá) e pela 31ª DP (Ricardo de Albuquerque), conta com o apoio do 9º BPM (Rocha Miranda), e envolve cerca de 150 agentes.
Fonte: O DIA