MORADORES DE SEROPÉDICA RECLAMAM DE ÔNIBUS SEM AR CONDICIONADO

Moradores de Seropédica reclamam sobre a falta de ar-condicionado nos ônibus que fazem linha intermunicipal da Empresa Real Rio. No dia 9 de novembro de 2014 o site Seropédica Online publicou a seguinte matéria: ” Expresso Real Rio com novos Ônibus Modernos para atender a população de Seropédica”. Nesta matéria a empresa Real Rio fala que as linhas de ônibus intermunicipais teriam ar-condicionado, mas não é o que esta acontecendo.

No Facebook de Alexandre da Silva Gonçalves a população de Seropédica se manifesta pedindo que a empresa adote a instalação de ar-condicionado em ônibus intermunicipais, onde obteve até o presente momento 1693 compartilhamentos.

O DETRO/RJ tinha suspendido a portaria que obrigava as empresas de ônibus intermunicipais a colocar ar-condicionado em todas as frotas do estado. Uma portaria publicada em novembro de 2009 pelo Departamento de Transportes do Estado do Rio (DETRO), subordinado à Secretaria estadual de Transportes, determinou que até 2016 todos os ônibus intermunicipais deveriam ser equipados com ar-condicionado. Mas a perspectiva de alívio para os passageiros foi derrubada um ano depois, por outra portaria, publicada pelo mesmo órgão, em dezembro de 2010.

Moradores reclamam que andar de ônibus sem ar-condicionado com temperatura que quase chega a 40 graus é um martírio. “Trabalho no centro da cidade e com o calor que vem fazendo chego no meu emprego todo suado, com dor de cabeça, estou quase pedindo demissão. Trabalho nesta mesma empresa a quase 20 anos, não tenho mais a vitalidade que tinha antes, estou ficando doente. Como posso produzir se já chego com mal estar na minha repartição, o meu patrão um dia poderá me mandar embora, porque neste período de calor não consigo produzir como produzia em dias mais fresco. Esperamos que a Real Rio olhe com carinho nossa reivindicação” disse Jairo Bitencourt morador do Bairro Fazenda Caxias.

The following two tabs change content below.

Luiz Calderini

Edição de matérias sobre Seropédica e atualidades.

Comentários