O Morador de Seropédica, Luiz Otávio Silva, enfermeiro, e tem 27 anos, estava voltando do trabalho em ônibus da Empresa Real Rio quando bandidos anunciaram assalto, na altura de Guadalupe na Avenida Brasil.

O ônibus da Linha Seropédica x Coelho Neto, foi assaltando por dois elementos na noite desta última terça-feira (15). Testemunhas contaram que Luiz Otávio estava usando fone de ouvido e não percebeu a ação. Quando ele se deu conta do assalto, ficou nervoso, e um dos assaltantes atirou.

“A informação que a gente tem é que dois ladrões entraram no ônibus e na hora do assalto, ele com o fone no ouvido, não prestou atenção. Quando se deu conta, ficou nervoso, e um dos rapazes falou para o outro ‘dá logo um tiro na cabeça dele’. E pegaram o aparelho de telefone dele”, disse Luiz Fábio Ferreira Silva, amigo da vítima.

Luiz Otávio trabalha em um hospital particular em Niterói e mora em Seropédica. Ele pega a mesma linha de ônibus para ir para os plantões, a 712, que liga Coelho Neto a Seropédica.

“Ele acordava todo dia às 4h para pegar o ônibus de 4h30 para Coelho Neto. Ele começou como técnico, ele fez a faculdade dele, se tornou enfermeiro. Ele dava aula de enfermagem também no curso técnico. Ele estava agora fazendo uma faculdade a distância para se especializar mais dentro da enfermagem”, contou o marido, Renan Moreira.

Ele foi levado para o Hospital Getúlio Vargas, na Penha. Segundo a família, ele chegou lúcido ao local e passou por uma cirurgia. Os médicos disseram para a família que seu estado de saúde é considerado grave.

A família ficou sabendo do assalto por meio de uma vizinha que pega o mesmo ônibus. Ela contou que tinha acontecido um assalto no início da noite e um rapaz tinha sido baleado na cabeça. Foi quando descreveu as características do rapaz que a família percebeu se tratar de Luiz Otávio.

A Empresa Real Rio lamenta o episódio, e disseram que a polícia está investigando o caso. 

 

 

Faça o seu comentário