Missa comemora os 6 anos de Sacerdócio do Padre Jefferson em Seropédica

 

Foi realizado na Paroquia Maria Mãe da Igreja, Comunidade São José, Missa do 3º Domingo da Quaresma pelo Padre Jefferson Silva Oliveira. A Missa neste domingo marca a data religiosa que celebra a figura do “Pai Terreno” de Jesus Cristo e esposo de Maria, Mãe de Cristo: José de Nazaré ou José, o Carpinteiro.

Em sua homilia o Padre Jefferson fala sobre Jesus quando encontra uma mulher em frente de um poço quase sem agua: Jesus, cansado, sentou-se junto ao poço de Sicar e pede de beber à mulher samaritana. São dois sedentos: Jesus tem sede de almas e a mulher tem sede da água do poço!


“Vocês vem à Igreja todos os domingos, cansados e sedentos, mas qual é a sede de vocês?” Tem sede de Deus ou procura a paz de consciência cumprindo o dever da assistência dominical da Missa? Veja bem, Jesus grita: “Quem tem sede, venha a mim e beba, pois, do íntimo de seu coração brotará uma fonte de água viva!”. Jesus não é um pacificador de consciências por dever cumprido! Ele é fonte de água viva, Ele dá o Espírito Santo que transforma nossa vida carnal em divina!

O Padre Jefferson continuando sua homilia disse:  “O Povo de Israel caminha pelo deserto à procura da Terra Prometida, mas é um povo de cabeça dura! Murmura por causa das dificuldades e deseja retornar para o Egito, terra da escravidão. Não quer a liberdade difícil e prefere a escravidão sofrida!” Deus não quer um “povo obediente”, cumpridor de deveres; Ele quer um “povo renovado” e de coração repleto de amor divino derramado sobre ele pelo Espírito Santo.

Jesus senta junto ao poço de Sicar, na Samaria, cansado e sedento de almas! Pediu de beber à samaritana, mas Ele deu água viva para ela, pois descobriu quem lhe podia fazê-la feliz.

O caminho da santidade é muito exigente. Não é suficiente sair do Egito; é necessário fazer o caminho do deserto até chegar à Terra Prometida! Deus levou o Povo de Israel para o deserto para discipliná-lo, treiná-lo para a conquista da Terra Prometida. Um povo sem fé e acomodado, jamais será feliz. Cristão que deseja a felicidade tem que tomar a cruz às costas e segui-la! Disse Ele: “Quem deseja ser meu discípulo, tome sua cruz todos os dias e me siga!  Quem não tomar sua cruz cotidiana, não pode ser meu discípulo!”

As dificuldades sofridas no caminho do deserto fez o Povo de Israel preferir a escravidão do Egito, onde comiam pão e carnes em abundância. Seguir Jesus é exigente, mas preferir os prazeres deste mundo pecador, esquecendo ou desconhecendo as promessas divinas, é loucura! Devemos pensar alto e pensar para frente!

A mulher samaritana é um símbolo da humanidade sedenta da verdade e do verdadeiro amor. Sedenta mas andou por caminho errados! Que significam os cinco maridos a quem se entregou (ou nós entregamos)? São caminhos fáceis, errados e frustrantes! O dinheiro, o sexo, o poder e o orgulho são frustrantes e acabam logo. Na morte tudo termina menos a vida, pois Deus nos fez para a eternidade! Com a morte podem sobrar as trevas, a sede de amor sabendo que a fonte secou para sempre!

“A esperança não decepciona, porque o amor de Deus foi derramado em nossos corações pelo Espírito Santo. Deus nos ama e a prova disso é Cruz de Jesus! A promessa da Terra Prometida está de pé, mas é preciso atravessar o deserto a pé e sofrendo a sede, a fome e os perigos das serpentes. Vamos caminhar até atravessar o Rio Jordão” Destaca Padre Jefferson.

Ao final da Santa Missa, o Padre Jefferson foi homenageado pelos membros da Igreja pelo belo trabalho frente a Paroquia Maria Mãe da igreja.

Em entrevista ao Seropédica Online, o Padre Jefferson fala sobre sua trajetória sacerdotal: “Fui ordenado Padre no dia 19 de Março de 2011, na Igreja São José Operário no Village, Paroquia Santíssima Trindade em Angra dos Reis, onde trabalhava junto com o Padre Gilberto. Fui Vigário lá por alguns anos, depois fui trabalhar no Seminário em Itaguaí, na formação dos novos Padres. Logo em seguida recebi o pedido do Bispo Dom José Ubiratan para trabalhar na Paroquia Maria Mãe da Igreja, onde estou até hoje”.

O Padre Jefferson ainda disse: “Estou muito feliz por Deus consentir essa graça do Ministério Sacerdotal, que é um presente, um dom para mim mesmo e para toda Igreja, estou muito feliz pelo trabalho aqui na Paroquia, ao longo desses anos e, venho percebendo que gradativamente o crescimento da Paroquia, nas diversas ações dos Ministérios, nas atividades, com isso nos dá bastante felicidade, por saber que o trabalho está sendo realizado, estamos concretizando, estamos crescendo, nós pedimos a Deus, a Virgem Maria a São José, que possa nos acompanhar, nos fortalecer, possa nos ajudar nesta tarefa, de continuarmos caminhando, levando a Igreja de Jesus a frente e, que nós tenhamos luz, que possamos ajudar a tantos irmãos e irmãs que nos solicitam e bebem de nosso ministério” Comemora Padre Jefferson.

The following two tabs change content below.

Luiz Calderini

Edição de matérias sobre Seropédica e atualidades.

Comentários