Beneficiários do Bolsa Família que vêm enfrentando os estragos causados pelas fortes chuvas nos estados de Minas Gerais, Espírito Santo e Rio de Janeiro já podem sacar o benefício deste mês. A parcela foi antecipada pelo Ministério da Cidadania em razão dos estragos causados pelo mau tempo, como esclarece o ministro da Cidadania, Osmar Terra. No total, OITENTA E CINCO municípios já declararam situação de emergência ou calamidade pública.

Em fevereiro, o saque da parcela estará disponível a partir do dia 12 para todos os beneficiários, desconsiderando o calendário oficial. O Ministério da Cidadania vai antecipar também uma parcela do BPC – o Benefício de Prestação Continuada-, para moradores das cidades atingidas. Além disso, vai colaborar com investimentos para a manutenção de abrigos de acolhimento. A pasta irá disponibilizar aos municípios o valor de VINTE mil reais para cada grupo de CINQUENTA pessoas desabrigadas ou desalojadas.

O ministro do Desenvolvimento Regional, Márcio Canuto, esteve com o ministro Osmar Terra durante reunião no centro de monitoramento da defesa civil, em Brasília, e destacou a força do trabalho integrado para que resultados sejam obtidos o quanto antes, no auxílio a todas essas famílias.

O secretário nacional do Desenvolvimento Social, Lelo Coimbra, está no Espírito Santo acompanhando a situação das quase ONZE mil pessoas que estão desalojadas ou desabrigadas. A lista de municípios contemplados pelas ações do ministério da cidadania está no site cidadania.gov.br.

Faça o seu comentário