No dia 24 de setembro de 2020, a CEDAE abriu as comportas da barragem onde a CEDAE realiza a captação de águas do Rio Guandu para o tratamento e o abastecimento de água potável para população.

Um vez por ano, a CEDAE abre essas comportas para a realização de manutenção do sistema, onde é esperada pelos pescadores da região.

Com a abertura das comportas, foi possível constatar que a poluição do Rio Guandu, é muito maior do que se imagina.

Muito do material poluente, e neste caso o lodo existente no fundo da lagoa que se forma com escoamento da água, bem como algumas plantas aquáticas. Com abertura das barragens, foram despejadas na baia de Sepetiba milhares de toneladas de lama e lixo.