Parceria entre o Governo do Estado e municípios tem o objetivo de melhorar a mobilidade urbana

Mais oito cidades fluminenses formalizaram, nesta segunda-feira (12/04), a parceria entre o Governo do Estado e as prefeituras locais para obras de infraestrutura viária. Neste quinto e último dia de assinaturas, foram contemplados os municípios de Bom Jardim, Duas Barras, Nova Friburgo, Santa Maria Madalena, São Sebastião do Alto, Trajano de Moraes, Sumidouro e Mangaratiba. No total, serão investidos, por meio do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), R$ 150 milhões nas cidades fluminenses.

– Estes convênios vão propiciar infraestrutura para os municípios, o que gera emprego, renda, cidadania e dignidade. E, por isso que, com este investimento, que já começa com R$ 150 milhões, temos a meta de chegar a R$ 1,5 bilhão até o fim da gestão. É um dinheiro da população e que será revertido em infraestrutura para as cidades para que cada vez mais empresas queiram se instalar em nosso território. É assim que se começa o círculo virtuoso: quanto mais a gente cresce, mais a gente consegue reduzir carga tributária, mais competitivo ficamos e, com isso, o Rio de Janeiro terá toda a condição de voltar ao seu lugar de protagonismo – disse o governador em exercício Cláudio Castro.

Segundo o DER, a partir de agora, as cidades devem apresentar, ao órgão, um plano de trabalho do que será executado em cada município. Em seguida, o departamento vai disponibilizar o material necessário para as intervenções, de forma a revitalizar a estrutura viária de cada localidade.

– Nossa ideia com estes convênios é a melhoria da infraestrutura viária de cada cidade. Os projetos podem incluir asfalto e drenagem e, por meio do DER, o Governo do Estado fornecerá os materiais para as obras para que as prefeituras os apliquem – afirmou o secretário das Cidades, Uruan Cintra.

O prefeito de Bom Jardim, Paulo Barros, destacou que a prefeitura dará prioridade às intervenções em vias utilizadas para escoar a produção agrícola da cidade.

– Somos essencialmente um município agrícola e, por isso, pretendo executar essas obras principalmente nas áreas viárias da produção rural. Quero dar ao meu produtor rural condições de ir e vir porque sabemos da dificuldade do indivíduo plantar, colher e depois não conseguir levar os produtos ao mercado – contou Barros.

– Este é um investimento não somente de uma cidade só, mas de todo o interior fluminense. Sumidouro, por exemplo, passa por um grande desafio nos dias de hoje. Temos 16 mil habitantes, mas são cerca de 1.200 km de estradas vicinais dentro do município. Nessa época, sofremos para escoar a produção e, por isso, cada metro de asfalto que colocarmos será um benefício para os moradores. Cerca de 75% da população vive da agricultura em nossa cidade – destacou o prefeito de Sumidouro, Eliésio Peres da Silva.

Cidades beneficiadas

A primeira rodada de cidades contempladas aconteceu, na quarta-feira (07/04), e incluiu os municípios da Baixada Fluminense, Centro-Sul, Costa Verde e Médio Paraíba – Belford Roxo, Duque de Caxias, Japeri, Mesquita, Nova Iguaçu, São João de Meriti, Paracambi, Paty do Alferes, Angra dos Reis, Mangaratiba, Paraty, Itaguaí, Barra do Piraí, Barra Mansa e Itatiaia.

Já na quinta-feira (08/04) e sexta-feira (09/04), foram anunciadas as cidades das regiões Serrana, Sul Fluminense, Médio Paraíba e Noroeste – Petrópolis, Teresópolis, Pinheiral, Piraí, Rio Claro, Rio das Flores, Valença, São José do Vale do Rio Preto, Aperibé, Cachoeiras de Macacu, Italva, Itaperuna e Laje do Muriaé. Já no último sábado (10/04), foi realizada a assinatura de convênio com a cidade de Areal.