Moradores do Bairro Campo Lindo, comunidade Dom Bosco, ficaram sem energia elétrica desde a última quarta-feira (14), apesar de terem ligado muito para o “Disque Light”.

Revoltados com o descaso, cercaram um carro da Light e só liberaram depois que veio alguém da empresa verificar o problema. O Vereador Bruno do Deposito, que é Presidente da Comissão de Defesa do Consumidor, esteve presente com o Jurídico de seu gabinete, ouvindo os moradores, e, está marcando uma Audiência Pública para atender toda demanda de Seropédica. O Vereador Bruno pôs à disposição o seu Gabinete para que as pessoas possam fazer reclamação sobre consumo de produtos ou serviços.

“Um exemplo claro do descaso é que seis quarteirões ficaram sem energia elétrica, dando prejuízo aos moradores, muito alimento perecível foi parar no lixo. Pessoas idosas ou portadoras de doenças que precisam do uso de umidificador, ventilador que estão acamados ficaram sem energia elétrica. Outro exemplo do descaso foi no Bairro São Miguel, que ficou sem energia elétrica por dois dias na época de Natal. E o pior com fio de alta tensão partido, caído no meio da rua. Estaremos convocando a população para participar desta Audiência Pública, e, vou propor que a Light deixe uma equipe de plantão 24 horas no município”. Destaca Vereador Bruno.

A Senhora Elizete Ulisses Alves Rosa, moradora na Rua Santa Maria nº 4, reclama que a uns tempos atrás a Light veio em sua residência e demais vizinhos, retiraram os relógios, jogaram dentro do carro tudo misturado, me deixando sem energia, apesar que estava com uma contra atrasada. “Paguei a conta atrasada e fui na Light e pedi para religarem, acontece que a light foi na minha casa ligar a luz e perguntou, cadê seu relógio? eu respondi vocês levaram. Então eles queriam saber a placa do carro da light que levou o relógio, eu nervosa ia lembrar de anotar placa? Acabei tendo de pagar um relógio novo. 

O morador Roberto Braga de Queiros, falou que o descaso da light já vem ocorrendo a mais de dois anos. A Light vem no Bairro tira os relógios dos moradores e diz que tem fuga de energia; “Olhe este transformador que estava no poste, vazando óleo, toda hora tem um pique de energia e queima nossos aparelhos, TV, Geladeira entre outros. Será que os técnicos da Light não viram que o transformador não estava aguentando tanto consumo de energia? Eles estão trocando o transformador de 75 KVA por um novo de 112.5 KVA, porque não fizeram isso a dois anos atrás quando começou o problema? Fomos prejudicados pela Light, vamos na Delegacia abrir um BO, depois iremos no Ministério Público e abrir uma ação de perdas e danos” Disse Roberto.

Outra moradora que não quis se identificar disse: “Os técnicos retiraram e levaram o antigo relógio, que foi substituído por um novo. Depois, a Light enviou um documento chamado Termo de Ocorrência e Inspeção (TOI), mas em nome do antigo morador. Só que eu sou a nova proprietária do imóvel, e já tinha tentado fazer a alteração do nome do titular junto à Light, e não sei porque não foi alterado até hoje, e me enviaram uma multa. Agora vou entrar com uma ação contra a Light, pelo constrangimento que passei sem dever nada”