Flagrante foi feito por funcionários do Fundeb na terça-feira (19). Prefeitura de Itaguaí diz que uniformes estavam sem condições de serem usados.

Imagens exibidas pelo Bom Dia Rio desta quarta-feira (20) mostram uniformes escolares sendo jogados no lixo e na caçamba de um caminhão, em Itaguaí, na Região Metropolitana do Rio. Eram bermudas, calças, camisetas e até tênis sendo que estavam em um prédio que serve como depósito da Prefeitura de Itaguaí e seriam levados para ser incinerados em Magé, na Baixada Fluminense.

O caso foi parar na polícia depois que conselheiros do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) passaram pelo local e viram a situação. O material foi apreendido.

De acordo com Anna Paula Sales, presidente do o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Cacs Fundeb) em Itaguaí, a rede está há dois anos sem receber roupas.

“Chamou muita atenção os sacos sendo jogados dentro da caçamba. Nós pedimos que o funcionário abrisse o saco e comprovamos o material. Isso nos causa estranheza. A cada troca de prefeito trocam todos os materiais escolares, as cores do uniforme, a gente está cansado disso. Muitas famílias não têm como comprar uniformes”, disse Anna Paula.

A mãe de dois estudantes da rede municipal de Itaguaí confirma que não recebe uniforme para as crianças há dois anos.

“Está precário. Já não cabe mais até porque eles cresceram e os uniformes estão desbotados, não tem mais condições de usar”, disse Eliete.

Em nota, a Prefeitura de Itaguaí informou que licitação foi feita para tentar resolver esse problema em breve, mas não disse quando vai voltar a distribuir.

No caso dos uniformes que estavam sendo jogados fora, a prefeitura disse que já encontrou esse material abandonado no depósito quando assumiu a atual gestão e que estavam sem condições de serem usados. Segundo a prefeitura, os uniformes estavam mofados e contaminados por urina de ratos e fezes de morcegos.

Fonte: Portal G1