Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós.

Em Santa Missa realizada neste domingo (8), pelo Padre Paulo Sergio, na Paroquia Nossa Senhora das Graças (Comunidade do Cruzeiro) em Seropédica, a Legião de Maria expos a imagem Peregrina de Nossa Senhora das Graças, que está rodando todo o Brasil, após ter rodado vários países.

A imagem Peregrina de Nossa Senhora das Graças na Legião de Maria, veio do Município de Caxias neste ultimo dia 25 de agosto, e foi recebida pela Cúria Nossa Senhora da Piedade, na Paroquia Santa Teresinha. Logo após a imagem Peregrina foi para comunidade Nossa Senhora de Fátima e Aparecida no INCRA.

Os grupos da Legião de Maria, levaram a imagem Peregrina nas casas em visitas aos enfermos, legionários, auxiliares e em toda a vizinhança. (algumas fotos abaixo)

Nome dos grupos da Legião de Maria – Rainha dos Apóstolos, Porta do Céu, Rosa Mística, Saúde dos Enfermos, Mãe da Divina Graça, Consoladora dos Aflitos, Torre de Davi, Virgem Louvável, Casa de Ouro.

A Imagem Peregrina visitou também Comunidade São Benedito, Paróquia Nossa Senhora das Graças. Nesta segunda-feira (9) a imagem vai percorrer com a Cúria Nossa Senhora de Fátima, comunidade São Pedro no km 54, e a cúria Nossa Senhora Aparecida também do km 54 e a Cúria Nossa senhora da Aparecida km 40. .

História da Legião de Maria

Salve Maria! A Legião de Maria festeja cem anos em 2021. A associação católica foi fundada em Dublin, na Irlanda, dia 7 de setembro de 1921, por Frank Duff.

Legião de Maria (em latim: Legio Mariæ) é uma associação internacional de fiéis da Igreja Católica Apostólica Romana formada por leigos que servem de forma voluntária com a finalidade de contribuir para a ação evangelizadora da Igreja.

Hoje entre membros ativos e auxiliares possui mais de 3 milhões de legionários em todo o mundo, sendo, portanto, a maior organização leiga de apostolado da Igreja Católica.

A associação tem sua maior presença na Coreia do Sul, nas Filipinas, no Brasil, na Argentina e na República do Congo. Estes países possuem entre 250.000 e 500.000 membros, cada.

Sua atual presidente é Sile Ni Chochlain.

O apostolado da Legião de Maria consiste em atividades dirigidas a toda e qualquer pessoa, em especial aqueles que estão à margem da sociedade (sem abrigo, prostitutas, prisioneiros, etc), católicos ou não. Os membros da Legião de Maria estão envolvidos na execução de obras espirituais, ao invés de auxílio material, que é reservado a outras associações da Igreja Católica.

Os membros da Legião de Maria são divididos em duas categorias principais: Ativos e Auxiliares. Os últimos se comprometem a rezar diariamente determinadas orações em nome da Legião de Maria. Já os membros ativos devem participar das reuniões semanais do seu Presídio (denomina os grupos legionários), rezar diariamente a Catena Legionis (O Magnificat; principal oração da Associação) e executar um Trabalho Legionário.

História de Nossa Senhora das Graças

Em sua primeira aparição Nossa Senhora apareceu para Santa Catarina trazendo um sinal do céu: uma medalha bendita com seu retrato que foi chamada de milagrosa após ajudar cristãos a alcançar as graças pedidas.
Já na segunda aparição ela pede que as medalhas sejam usadas ao pescoço para que abundantes graças fossem realizadas por todo o mundo.

A Medalha Milagrosa

A serpente: Maria aparece esmagando a cabeça da serpente. A mulher que esmaga a cabeça da serpente, que é o demônio, já estava predita na Bíblia, no livro do Gênesis: “Porei inimizade entre ti e a mulher… Ela te esmagará a cabeça e tu procurarás, em vão, morder-lhe o calcanhar”. Deus declara iniciada a luta entre o bem e o mal. Essa luta é vencida por Jesus Cristo, o “novo Adão”, juntamente com Maria, a co-redentora, a “nova Eva”. É em Maria que se cumpre essa sentença de Deus: a mulher finalmente esmaga a cabeça da serpente, para que não mais a morte pudesse escravizar os homens.

Os raios: Simbolizam as graças que Nossa Senhora derrama sobre os seus devotos. A Santa Igreja, por isso, a chama Tesoureira de Deus.

As 12 estrelas: Simbolizam as 12 tribos de Israel. Maria Santíssima também é saudada como “Estrela do Mar” na oração Ave, Stella Maris.

O coração cercado de espinhos: É o Sagrado Coração de Jesus. Foi Maria quem o formou em seu ventre. Nosso Senhor prometeu a Santa Margarida Maria Alacoque a graça da vida eterna aos devotos do seu Sagrado Coração, que simboliza o seu infinito e ilimitado Amor. O coração transpassado por uma espada: É o Imaculado Coração de Maria, inseparável ao de Jesus: mesmo nas horas difíceis de Sua Paixão e Morte na Cruz, Ela estava lá, compartilhando da Sua dor, sendo a nossa corredentora.

O M: Significa Maria. Esse M sustenta o travessão e a Cruz, que representam o calvário. Essa simbologia indica a íntima ligação de Maria e Jesus na história da salvação.

O travessão e a Cruz: Simbolizam o calvário. Para a doutrina católica, a Santa Missa é a perpetuação do sacrifício do Calvário, portanto, ressaltam a importância do Sacrifício Eucarístico na vida do cristão.

Oração de Nossa Senhora das Graças

Ó Imaculada Virgem Mãe de Deus e nossa Mãe, ao contemplar-vos de braços abertos derramando graças sobre os que vo-las pedem, cheios de confiança na vossa poderosa intercessão, inúmeras vezes manifestada pela Medalha Milagrosa, embora reconhecendo a nossa indignidade por causa de nossas inúmeras culpas, acercamo-nos de vossos pés para vos expor, durante esta oração, as nossas mais prementes necessidades (momento de silêncio e de pedir a graça desejada).

Concedei, pois, ó Virgem da Medalha Milagrosa, este favor que confiantes vos solicitamos, para maior Glória de Deus, engrandecimento do vosso nome, e o bem de nossas almas. E para melhor servirmos ao vosso Divino Filho, inspirai-nos profundo ódio ao pecado e dai-nos coragem de nos afirmar sempre como verdadeiros cristãos. Amém.

Algumas visitas que foram feitas pela legião de Maria em Seropédica entre 25/08 até hoje

Fotos Santa Missa realizada pelo Padre paulo Sergio neste domingo 8 de setembro de 2019

 

Faça o seu comentário