As crianças foram vistas pela última vez no dia 27 de dezembro

Familiares dos meninos que desapareceram em Belford Roxo estão prestando depoimento, nesta segunda-feira, no Setor de Descoberta de Paradeiros (SDP) da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF). As crianças foram vistas pela última vez no dia 27 de dezembro no bairro Areia Branca, no mesmo bairro onde sumiram.

Eles serão novamente ouvidos e a família espera que seja dada uma posição de como andam as investigações para encontrarem as crianças.

Neste domingo, as famílias dos meninos fizeram um protesto pelas ruas da cidade e decidiram caminhar até à sede da DH Baixada. Na porta da delegacia, cobraram por mais agilidade nas investigações. 

Segundo informações dos familiares, os três meninos saíram de casa para brincar em um campo de futebol, no bairro Castelar. Eles deveriam voltar para almoçar em casa e desapareceram.

Quem tiver informações sobre o paradeiro dos meninos pode entrar em contato com a Fundação da Infância e Adolescência pelos telefones 2286-8337 ou 98596-5296.

 
Fonte: Meia Hora
Rio de Janeiro 04/01/2020 - Familiares das crianças desaparecidas em Belford Roxo, na Baixada Fluminense, estiveram na Delegacia de Homicídios (DHBF) nesta segunda-feira (4). Lucas Matheus, de 8 anos, Alexandre da Silva, de 10, que são primos, e Fernando Henrique, de 11, moram no bairro Castelar e foram vistos pela última vez na Feira de Areia Branca, no bairro de mesmo nome, no dia 27 de dezembro de 2020. Na foto acima Tatiana da Conceição Ribeiro, 31, mãe do Fernando. Foto: Luciano Belford/Agencia O Dia