O Brasil tem um grande potencial em empreendedorismo por suas riquezas naturais e humanas, porém de acordo com o último resultado do ranking mundial de empreendedorismo Global Entrepreneurship Index (GEI), de 2019, a posição do Brasil caiu de 98º lugar em 2017 para 118 º, caindo 20 posições.

Dentre 137 países pesquisados, o Brasil fica atrás de países como Honduras e Paraguai, seguindo a liderança pelos Estados Unidos, Suiça e Canadá. O ranking leva em consideração fatores como capital humano, competitividade e internacionalização.

Essa posição desmerece os adjetivos falados no início desse texto. Porém é necessário políticias públicas para suportar esse avanço como educação de empreendedorismo e finanças pessoais nas escolas, apoio financeiro, entre outros.

Hoje, no dia de eleição municipal, gostaria que tomassem um tempo para pensar e verificar se quais as propostas e bandeiras dos prefeitos e vereadores quanto ao Empreendedorismo e ao suporte ao Micro Empreendedor.

O voto é uma das formas que podem impactor negativa ou posivamente a sua vida. Vote consciente e tenha um domingo próspero!