Mantendo o compromisso firmado ainda durante a campanha eleitoral com representantes dos profissionais da educação, a prefeitura de Seropédica começou a pagar o Retroativo dos servidores da Rede Municipal de Educação, que não foram pagos pelas gestões anteriores. O Retroativo do Plano de Cargos e Carreiras, serão pagos em vinte e quatro parcelas.

O acordo firmado entre o prefeito Professor Lucas e os representantes dos profissionais da Educação, consiste em efetuar o pagamento do PCCS de forma integral em vinte e quatro parcelas. Os recursos utilizados para honrar o compromisso com os servidores da Educação serão da rubrica de “sentenças judiciais” e não trará impacto no gasto com pessoal: “Valorizar e cumprir o que é tratado, é um compromisso da nossa gestão, é a minha marca política. Estamos cumprindo a determinação judicial. Essa sempre foi uma reivindicação justa e que foi motivo de uma batalha judicial entre a prefeitura e os trabalhadores. Serão R$ 12 milhões injetados na economia local. Isso sem contar com as folhas de pagamento, também pagas em dia, juntamente com metade do 13º de 2021”, destacou Professor Lucas.

Entenda o caso

Em junho, está sendo paga a primeira parcela do Retroativo do Plano de Carreira da Educação, referente aos processos de mudanças de nível e insalubridade que deveriam ter começados a ter sido pago em 2016 logo depois da aprovação da Lei Entretanto, os ex-prefeitos Alcir Martinazzo e Anabal Barbosa não pagaram. O ex-prefeito Anabal fez um acordo na Justiça para pagar, mas não pagou, depois fez um aditivo ao acordo dizendo que iria pagar, mas não pagou novamente. As 24 parcelas e o Plano de Carreira são pra todos os servidores da Educação. O retroativo é referente aos processos de mudança de nível e insalubridade.

Professor Lucas lamentou que a falta de compromisso dos ex-prefeitos com os servidores da Educação prejudicou alunos, que por muitas vezes ficaram sem aulas. “Durante o período que fui vereador, promovi reuniões e audiências públicas com o objetivo de resolver a questão legítima dos profissionais. Infelizmente, este problema se arrastou pelas gestões anteriores, até que eu fosse o prefeito. Herdei essa dívida, mas vamos pagar centavo por centavo, porque temos compromisso e a minha gestão é comprometida com a transparência e a responsabilidade, afirmou.

Por: Comunicação Professor Lucas

Fonte: Jornal Perfil