Ambientalistas denunciam crime ambiental na Serra de Paracambi no Rio de Janeiro, neste local caminhões estão jogando despejo de lixo, contaminando riacho que corta a serra.

Varia espécies de animais estão em risco, porque estão se alimentando do lixo, e a agua do córrego pode estar contaminada. Esta área pertence a Bacia Hidrográfica do Rio Guandu/Unidade de Conservação – APA GUANDU.

O cidadão que faz o descarte inadequado de lixo em estradas rurais ou rodovias, está também colocando a saúde pública em risco. Ambientalistas solicitam a intervenção do INEA e da Secretaria de meio Ambiente de Paracambi.

As causas das agressões ao meio ambiente são de ordem política, econômica e cultural. A sociedade ainda não absorveu a importância do meio ambiente para sua sobrevivência. “Está previsto no Artigo 54 da Lei nº 9.605 que diz que causar poluição de qualquer natureza em níveis tais que resultem ou possam resultar em danos à saúde humana, ou que provoquem a mortandade de animais ou a destruição significativa da flora é crime, com penalidade de multa e, ou, detenção.

 

Faça o seu comentário