O Corpo de Bombeiros realizou nesta quinta-feira (27) exercício simulado de acidentes de trânsito com múltiplas vítimas. O evento contou com a participação da Guarda Municipal da Prefeitura de Seropédica, Ambulância do Corpo de Bombeiros e Caminhão Tanque do Corpo de Bombeiros.

A simulação aconteceu na RJ 99, Estrada do Piranema, próximo a Antiga Estrada Rio São Paulo (BR 465). Foi montado um cenário de colisão entre dois carros, onde foi necessário fazer o socorro de todas as vítimas envolvidas. 

Papel de vítimas: Débora Generoso, Letícia Bozan e Edilson Yatuaha. Os três atores fizeram uma bela encenação que muitas pessoas pensaram que era verdade o acidente.

O treinamento teve como objetivo a capacitação profissional e aprimoramento do atendimento à sociedade em acidente com vítimas, integração dos serviços de emergência e o trabalho do Corpo de Bombeiros em defesa da vida, do meio ambiente e do patrimônio.

O Major Herbert Rodrigues Pinheiro, do comando de Área dos Bombeiros da Baixada Fluminense, esteve presente nesta simulação e falou que este trabalho é semestral, e envolve todas as Áreas do Quartel, (Simulação combate a incêndio, de resgate de vítimas, colisão de veículos, inundações. “Este simulado faz parte de nossa estratégia do Comando de Bombeiros Militar de Área, para que todas as nossas unidades, estejam preparando nossos militares conforme combate”. Destaca.

O Comandante do Corpo de Bombeiros de Seropédica, o 2º Tenente Bombeiro Militar, Frederico José da Silva Passos, falou que este simulado houve a participação de oito bombeiros. “Este simulado é de fundamental importância para nós estarmos aprimorando e treinando, e mensurando o tempo que temos de resposta para atender este tipo de acidente”.

O Seropédica Online perguntou ao 2º Tenente Frederico, qual é a maior dificuldade que os Bombeiros tem em fazer um socorro em Seropédica.  “A nossa maior dificuldade é não termos uma Ambulância em nossa unidade, ou temos de pedir apoio do SAMU do município, ou apoio de algumas Ambulâncias do corpo de Bombeiros de outros municípios, com isso leva muito tempo podendo ocasionar a morte do acidentado”.

 

 

Faça o seu comentário