O Comitê Guandu-RJ participou nesta sexta-feira (26) do lançamento do Programa de Segurança Hídrica (Prosegh). Trata-se de uma inciativa do Governo do estado do Rio para projetos sobre aumento de oferta de água, recuperação de mananciais, reflorestamento, redução de riscos de secas e prevenção contra inundações e acidentes ambientais. O programa é fruto da articulação interinstitucional em prol da segurança hídrica, da qual o Comitê Guandu faz parte. O objetivo é o compartilhamento de informações, experiências e oferta de novas tecnologias e possíveis fontes de financiamento.

A Cerimônia contou com a participação de Claudio Castro, Governador do estado; Raimundo Nonato Alencar de Castro, presidente da Light; Edes Fernandes de Castro, presidente da CEDAE; e de Tiago Pampolha, Secretário de Estado do Ambiente, entre outras autoridades. O Comitê Guandu-RJ foi representado pelos diretores, Paulo de Tarso Pimenta, Julio Cesar Antunes e Ana Asti. Segundo Paulo de Tarso, diretor geral do Comitê, a iniciativa surge como mais uma ferramenta para somar esforços em prol do saneamento no estado. “Iniciamos o trabalho no Grupo Técnico Interinstitucional Permanente de Acompanhamento da Segurança Hídrica e o Governo do estado lançou o Programa que vai contribuir para a efetivação das ações articuladas neste grupo e outras que vão surgir. Vamos estudar formas de executar e fomentar, seja financeiramente ou tecnicamente, projetos que contribuam com a melhoria da qualidade e da disponibilidade de água na bacia, que é tão vital para Região Metropolitana. A união dos atores do estado e a atuação fundamental do Ministério Público do Rio de Janeiro, através do Grupo de Atuação Especializa em Meio Ambiente, vai viabilizar os avanços tão esperados na agenda do saneamento básico”, destacou.

O primeiro projeto a integrar o programa será a transposição de água da Bacia do Rio Paraíba do Sul para o Rio Guandu, um investimento de R$ 400 milhões da Light, para ampliar a geração de energia elétrica a 31 municípios da Região Metropolitana. Além da intervenção da Light, a secretaria pretende lançar obras como a dragagem do Rio Poços – área priorizada nos estudos do Comitê Guandu-RJ, investimentos na Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) de Queimados e programas permanentes Florestas do Amanhã e Limpa Rio.

Outras ações previstas são na área de reflorestamento e programas de PSA (Pagamento Por Serviços Ambientais), já executados há 11 anos pelo Comitê.

O planejamento tem previsão de ações para os próximos 22 anos. Além disso, o grupo técnico interinstitucional permanente vai seguir acompanhando a segurança hídrica da região do Guandu. A equipe vai discutir e propor ações preventivas e mitigadoras em relação à qualidade de água. “Hoje, há uma vulnerabilidade dos sistemas hídricos em decorrência das mudanças climáticas. É preciso ainda conter a poluição dos rios que chegam na tomada d’água da ETA Guandu, que abastece cerca de 10 milhões de pessoas da Região Metropolitana. Além disso, esse programa tem papel ímpar no estado, pois tem uma visão de desenvolvimento, já que garante a todas as frentes que querem investir no estado que não faltarão recursos hídricos”,  afirmou o secretário do Ambiente, Thiago Pampolha.

Fotos: Rafael Oliveira (ASCOM Estado do RJ)

Foto 01: Secretário de Estado de Turismo, Gustavo Tutuca; prefeito de Piraí/RJ, Arthur Henrique Ferreira; diretor geral do Comitê Guandu-RJ, Paulo de Tarso Pimenta; secretário de Estado do Ambiente e Sustentabilidade, Thiago Pampolha; diretora Executiva do Comitê Guandu-RJ, Ana Asti; diretor do Comitê Guandu-RJ, Julio Cesar Antunes e; o secretário de meio ambiente de Piraí/RJ, Moacir Gonçalves Da Rocha Junior.

Foto 02: O diretor do Comitê Guandu-RJ, Júlio César Antunes; assessor da SEAS/RJ, Edson Falcão; presidente do CERHI, Maria Aparecida Vargas; assessora da SEAS/RJ, Lívia Soalheiro; diretor geral do Comitê Guandu-RJ, Paulo de Tarso e; a diretora executiva do Comitê Guandu-RJ, Ana Asti.

Foto 03: Edes Fernandes de Castro, presidente da CEDAE; Paulo de Tarso Pimenta, Diretor Geral do Comitê Guandu-RJ; Raimundo Nonato Alencar de Castro, presidente da Light; Ana Asti, Subsecretária de Recursos Hídricos do Estado e diretora executiva do Comitê Guandu; Theresa Nunes, CHefe de Gabinete da SEAS/RJ e; Edson Falcão, Assessor da SEAS/R

Foto 04: Claudio Castro, Governador do estado.