Recurso possibilitará a implementação de solução que visa reduzir a carga de esgoto na água captada para abastecimento 

O Comitê Guandu-RJ aprovou ontem (04/08), em sua 4º Reunião Plenária, a resolução que destina R$107 milhões para execução da infraestrutura complementar ao tratamento de esgoto do Programa Sanear Guandu-RJ. 

Os Rios Poços, Queimados e Rio Ipiranga, áreas iniciais do investimento, são responsáveis pelo maior despejo de esgoto na bacia que abastece cento e cinquenta bairros do Rio de Janeiro e mais nove municípios da Baixada Fluminense. 

A resolução tem como objetivo fomentar obras e ações complementares que reduzam o impacto da poluição causada pelos efluentes domésticos que são lançados nos corpos hídricos da Região Hidrográfica II do estado do Rio de Janeiro, prejudicando o meio ambiente e a saúde pública. 

O valor destinado ao projeto é oriundo da cobrança pelo uso da água na bacia. 

A iniciativa é um reforço ao programa Sanear Guandu, que investe em esgotamento sanitário, contemplando a implementação das estruturas previstas no Plano Estratégico de Recursos Hídricos da bacia do Guandu e o projeto Saneamento Rural, entre outras também voltadas ao esgotamento sanitário urbano.