Neste dia, Sexta-feira Santa, que os antigos chamavam de “Sexta-feira Maior”, quando celebramos a Paixão e Morte de Jesus, o silêncio, o jejum e a oração devem marcar este momento. Ao contrário do que muitos pensam, a Paixão não deve ser vivida em clima de luto, mas de profundo respeito e meditação diante da morte do Senhor, que, ao morrer, foi vitorioso e trouxe a salvação para todos, ressurgindo para a vida eterna.

É preciso manter um “silêncio interior” aliado ao jejum e à abstinência de carne. Deve ser um dia de meditação, de contemplação do amor de Deus, que nos “deu o Seu Filho único para que quem n’Ele crer não pereça, mas tenha a vida eterna” (Jo 3,16). É um dia em que as diversões devem ser suspensas, os prazeres, mesmo que legítimos, devem ser evitados.

Uma prática de piedade valiosa é meditar a dolorosa Paixão do Senhor, se possível, diante do Sacrário, na Igreja, usando a narração que os quatro evangelistas fizeram.

Durante esses dias que antecedem o Domingo de Páscoa, a Paroquia Maria Mãe da Igreja do Município de Seropédica faz memória dos últimos momentos de Jesus, junto aos seus discípulos, antes da sua Paixão e Ressurreição.
A Celebração da Paixão do Senhor terá inicio as 15 horas e para assistir é só clicar:

Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCOnM-7ytSrRy4Mz9J-gQxNA

Facebook: https://www.facebook.com/paroquiammi/

Faça o seu comentário