Aumento nos casos da variante Ômicron e surto de gripe fizeram com que capitais suspendessem as comemorações este ano

Devido ao avanço da variante Ômicron da Covid-19 e do aumento de casos de contaminação pela Influenza A (H3N2), ao menos 18 capitais decidiram cancelar o Carnaval de rua em 2022, marcado para o final de fevereiro.

Até a última quinta-feira (6), 10 capitais haviam cancelado o evento e, em dois dias, mais oito desistiram de realizar a folia. O governo de São Paulo, que havia dado a possibilidade de escolha às prefeituras sobre a realização da comemoração, informou nessa sexta-feira (7) que não vai autorizar festas fechadas no estado, segundo o governador João Doria (PSDB) . Ricardo Nunes, prefeito da capital paulista, anunciou na última quinta-feira (6) o cancelamento de desfiles e blocos de rua.

Até o momento, 18 capitais confirmaram que não vão realizar o Carnaval, outras oito ainda não tiveram uma definição. Confira abaixo:

  • Rio de Janeiro – RJ – cancelado
  • Florianópolis – SC – cancelado
  • Fortaleza – CE – cancelado
  • Recife – PE – suspenso
  • Teresina – PI – cancelado
  • Salvador – BA – cancelado
  • Curitiba – PR – cancelado
  • Cuiabá – MT – cancelado
  • Belém – PA – cancelado
  • Belo Horizonte – MG – liberado, mas sem financiamento
  • Maceió – AL – cancelado
  • São Paulo – SP – cancelado
  • Rio Branco – AC – indefinido
  • Macapá – AP – cancelado
  • Manaus – AM – indefinido
  • Vitória – ES – cancelado
  • Goiânia – GO – indefinido
  • Palmas – TO – indefinido
  • Aracaju – SE – indefinido
  • Porto Velho – RO – indefinido
  • São Luís – MA – cancelado
  • Porto Alegre – RS – indefinido
  • João Pessoa – PB – cancelado
  • Boa Vista – RR – não respondeu
  • Natal – RN – indefinido
  • Distrito Federal – DF – cancelado
  • Campo Grande – MS – cancelado
*Levantamento feito pelo portal Metrópoles

Fonte: IG