De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), condutor da carreta bitrem Mercedes-Benz fez ultrapssagem irregular e bateu de frente com o VW Gol, da Prefeitura de Jesuítas (PR), onde estavam as cinco vítimas; teste do bafômetro acusou a embriaguez

Um caminhoneiro embriagado conduzindo uma carreta bitrem Mercedes-Benz, modelo 2644, cor branca, acima da velocidade permitida invadiu a pista contrária na altura do km 365 da PR-317, entre Assis Chateaubriand e Toledo, no Paraná, e bateu de frente com um VW Gol, placas BAR-7254, pertencente à Secretaria de Saúde de Jesuítas (PR), matando os cinco ocupantes, na noite dessa terça-feira (3), de acordo com a Polícia Rodoviária Estadual (PRE).

Conforme apurou o Estradas, junto à Corporação, o caminhoneiro, identificado apenas como C.M., de 43 anos, foi submetido ao teste de etilômetro, e foi constatada a presença de 0,50 mg/l (miligramas de álcool por litro de ar expelido), considerado crime de trânsito. Ele ficou ferido no acidente e foi socorrido por uma viatura do SAMU uma unidade hospitalar de Toledo. Após a liberação do hospital, e ele será conduzido à Delegacia de Toledo. A carreta era usada para o transporte de esterco de aves, mas a PRE não informou se estava carregada. O veículo de carga foi apreendido e levado à delegacia de Toledo.

COLISÃO: Após colisão forntal, Gol ficou prensado embaixo da carreta bitrem. Ocupantes morreram na hora; caminhoneiro ficou ferido. Foto: Divulgação/Redes Sociais

Segundo a PRE, um terceiro veículo Chevrolet Corsa, placas AKD-9424, também se envolveu no acidente (sinistro), mas ninguém ficou ferido. Segundo os policiais, após a colisão, o Gol foi arrastado contra um pequeno barranco, às margens da rodovia, e ficou sob a carreta. O trânsito ficou prejudicado nos dois sentidos, logo após a ocorrência.

Estradas apurou também que o cronotacógrafo foi checado e os policiais constataram que a velocidade da carreta, no momento do sinistro, estava acima do permitido para a rodovia.

De acordo com informações do prefeito de Jesuítas, Junior Weiller, numa rede social, três pessoas eram da mesma família e outras duas funcionários da Prefeitura. Ele publicou uma nota lamentando a tragédia com os jesuitenses:

Nota de profundo pesar por irmãos jesuitenses

Em toda a minha vida pública, nunca deixei de relatar nada aos nossos jesuitenses, porém, em várias oportunidades, o fiz com muita dor. E hoje, é um desses momentos, em que tenho, como prefeito deste município que tanto amo, que vir a público, para comunicar algo que eu jamais gostaria de fazer, a morte de 5 jesuitenses, em uma tragédia.
 
No final da tarde de hoje, próximo a Toledo, na rodovia que liga a Jesuítas, 5 amados cidadãos de nossa terra, tiveram suas vidas ceifadas. Um deles, cumprindo, como sempre fez, a sua missão, atender ao povo de Jesuítas.
 
O amigo Adriano Rodrigues Silva, o Adriano Paraná, dirigia o veículo, com mais quatro pessoas e, por conta de imprudência do motorista de uma carreta, de acordo com as informações coletadas, acabou colidindo com a mesma, não tendo chance alguma de sobreviver. Nem ele e nem os demais passageiros do veículo. Deixando famílias, amigos e todo um município em luto.
 
Todo o nosso pesar e todo o nosso mais profundo desejo de que o Bom Deus, conforte aos nossos corações. Que possamos ter forças, de forma especial, os familiares, para passarmos por este momento de grande dor. Fica aqui, nosso pedido aos céus, que recebam nossos amados, nos Braços Eternos de Deus!

Veja quem são as cinco vítimas:

  • Adriano Rodrigues da Silva, 39 anos, conhecido como ‘Adriano Paraná’, locutor da Amiga FM de Formosa do Oeste
  • José Waldir Melão, 54 anos
  • Luzia da Silva Melão, 54 anos
  • Dayane Aparecida Oliveira, 27 anos
  • Maria Varela de Lima, 61 anos

 

Fonte: Estradas