Desde 2016, quando estava em atividade no Instituto Estadual de Meio Ambiente do RJ, venho tentando mostrar e alertar sobre as frequentes mortes de animais vistos no trajeto do rio que desce nosso bairro da CASCATA/PBI. Mesmo animais não aquáticos, que vivem na mata e que bebem a s aguas desse rio, também estão doentes.

Naquele momento de minha vida profissional, aplicamos todas as ações necessárias para conter esses crimes, e mesmo buscando eliminar esses eventos onde substancias toxicas certamente são lançadas ao rio, levando esses animais à morte.

Neste momento atual, não se pode apontar um suposto culpado, mas certamente, a responsabilidade em investigar, analisar e buscar a paralização dessas ações é da gestão municipal – setor ambiental, juntamente com o Órgão Estadual, academia e também, com a contribuição da população.

O bairro da Cascata tem por vocação o ECOTURISMO onde certamente seria gerada renda para seus moradores, de forma a não ter tais agreções ao meio ambiente.
Substâncias tóxicas lançadas pelo homem nas águas dos rios, vão parar novamente em nossas torneiras, Pensem nisso!

Por: Janaina Vettorazzi

O Seropédica Online esteve pessoalmente no ano passado acompanhando a Janaina Vettorazzi no local. No outro dia enviei um e-mail pedindo apoio ao Ministério de Meio Ambiente que ficaram de averiguar o problema. Estive pessoalmente fotografando o local, o cheiro é muito forte, e a agua com óleo e escura. Agora perguntamos, porque até agora depois de várias denuncias o INEA não resolveu este CRIME AMBIENTAL?

A matéria anterior: https://www.seropedicaonline.com/ultimas-noticias/empresa-em-paracambi-polui-a-cachoeira-e-a-prefeitura-nao-toma-providencias-video/

 

Faça o seu comentário