A ICN participou hoje (16), junto à Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), do Fórum do Polo Tecnológico do Mar Baía de Sepetiba, que foi realizado na Universidade, em Seropédica.

O evento reuniu instituições públicas, ONGs e diversas empresas do setor privado, todas com o objetivo trazer desenvolvimento socioeconômico, sustentável e ecológico para a Baía de Sepetiba.

No Salão Azul da UFRRJ, mais de 200 convidados foram apresentados a 16 projetos e iniciativas que poderão ser aplicados na Região da Baía de Sepetiba.

O Magnífico Reitor da UFRRJ, Ricardo Berbara, disse ao Seropédica Online que a Rural junto com as empresas que atuam na Baia de Sepetiba, debateram no ultimo encontro em 16 de março de 2018, a possibilidade de articular um polo Tecnológico, que mais tarde foi denominado Polo Tecnológico do Mar. “Essa iniciativa está envolvendo não apenas as Universidades que atuam na região, como a Rural, mas também as empresas do setor público, representada pela Secretaria de Estado de CiênciaTecnologia e Inovação (Startup). Esses três vetores, do setor governamental, setor empresarial e setor das universidades, se articulam em torno da construção desse polo, que irá alavancar projetos socio ambientais, projetos na área de inovação e tecnologia e projetos de cadeias produtivas. Caso estes projetos conquistem apoio de recursos financeiros, eles tendem a mudar o perfil socio ambiental de nossa região. A UFRRJ vai oferecer conhecimento técnico, já elaborado por nossos professores e alunos, irão oferecer também, área física para construção de laboratórios, e principalmente a nossa capacidade de articulação junto a outras universidades, para construção de redes que agreguem empresas, governo e universidades”. Evidencia Berbara.

 

Faça o seu comentário