O CTUR inicia as inscrições do Concurso no dia 3 de setembro e vai até 5 de outubro

Foi realizado neste sábado (25), na Praça Nildo Romano em Seropédica, apresentação dos Cursos oferecidos pelo Colégio Técnico da Universidade Rural (CTUR), para os moradores do município.

O Município de Seropédica tem uma das melhores Escola Técnicas do país e é pouco procurado pelos moradores. Muitos alunos ficam com medo de fazer a prova achando que não vai passar, e acaba abrindo espaço para moradores de outros municípios, que encaram a prova, passam e veem estudar no CTUR.

O acompanhamento educacional dos filhos não somente é importante para sua formação como também é dever e obrigação dos pais. Nos direitos constitucionais no seu artigo 205, fala o seguinte: “A educação, direito de todos e dever do Estado e da família, será promovida e incentivada com a colaboração da sociedade, visando ao pleno desenvolvimento da pessoa, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o trabalho”. Então papai e mamãe, ajude seu filho a ser alguém na vida, incentive ele a estudar, que um dia o retorno será feliz para todos. Seropédica Online.

A Professora Maria Aparecida da Graça dos Santos Barbosa, da Divisão de Assuntos Pedagógicos do CTUR, disse que anualmente é realizado: “CTUR na Praça”, é um sábado letivo para divulgar nossos cursos para comunidade Seropedicense. “O CTUR inicia as inscrições do Concurso no dia 3 de setembro e vai até 5 de outubro, para Agroecologia, Agrimensura, Hospedagem, Meio Ambiente e Ensino Médio. Hoje estamos fazendo também distribuição de livros didáticos, e no final do evento vamos sortear alguns brindes”. Destaca.

O Colégio Técnico da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (CTUR) é uma instituição de ensino técnico em nível médio, vinculado à Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ). Fica situado às margens da BR-465, no município de Seropédica, Rio de Janeiro. Apesar de ser assim chamado, é possível ao jovem cursar apenas o Ensino Médio sem fazer nenhum curso técnico. Ele faz parte da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica. Assim como toda escola técnica vinculada a uma universidade federal.
O CTUR foi criado pelo artigo 125 de seu estatuto, substituindo os antigos, e é fruto da junção, em 1973, de duas instituições: o Colégio Técnico de Economia Doméstica (CTED) e o Colégio Técnico Agrícola Ildefonso Simões Lopes. No entanto, sua história começou com a implantação do Aprendizado Agrícola, em 1943.

A partir de 1988, o CTUR veio a ocupar um antigo prédio de pós-graduação da UFRRJ, localizado no campus, às margens da Rodovia BR 465, antiga Estrada Rio São Paulo, estado do Rio de Janeiro, onde se encontra até os dias de hoje. Essas instalações foram aumentadas e outros prédios foram incorporados, de acordo com os interesses da comunidade, para serem utilizados em atividades próprias de ensino. A área total do colégio é, atualmente, de 60 hectares, onde se desenvolvem várias de suas atividades voltadas para os cursos que oferece. Hoje, o CTUR permanece vinculado à UFRRJ e pertence à Rede Federal de Educação Profissional Científica e Tecnológica, instituída pela Lei 11.892, de 29 de dezembro de 2008.