A nova edição do Rural Semanal (n°5, de 15 a 21 de maio de 2017) destaca o lançamento do Consórcio Intermunicipal de Agricultura da Baixada Fluminense (Ciabaf), em 3 de março, no auditório do Instituto Multidisciplinar (IM), câmpus da UFRRJ em Nova Iguaçu. Com presença do reitor da UFRRJ, professor Ricardo Berbara – além de prefeitos locais, autoridades do estado do Rio e secretários municipais – o evento marcou a assinatura do termo de criação da iniciativa. O Ciabaf tem como um de seus objetivos a valorização dos produtores rurais, com iniciativas que vão simplificar e facilitar a venda e o fornecimento da produção agrícola para as próprias cidades, barateando inclusive o custo da merenda escolar das redes públicas municipais.

A questão do campo também foi tema da entrevista desta semana, com a professora Lia Teixeira (Departamento de Educação do Campo/Instituto de Educação). Ela está à frente da assessoria especial criada para tratar de assuntos ligados ao uso social da terra.

– A ideia da assessoria é fortalecer programas e projetos dos núcleos e grupos vinculados ao desenvolvimento da agricultura familiar em bases da agroecologia; e articular ações internas e externas para implantação de um programa de cooperação entre a UFRRJ e associações de economia popular – explicou a professora em um dos trechos da entrevista.

O Rural Semanal também destaca o projeto Vento-Solar, que busca aliar economia e aproveitamento do potencial de geração de energia solar em Seropédica. A discussão dessa iniciativa começou em dezembro do ano passado, num grupo liderado pela professora Clarissa Oliveira da Silva (Departamento de Química) e pelo professor Ricardo Berbara (Departamento de Solos), atual reitor da Universidade. Para eles, era importante que a Rural explorasse a área do câmpus para emplacar o uso da energia fotovoltaica, não apenas porque com o potencial (280 dias de sol por ano) haveria a possibilidade de grande redução dos gastos, mas também por acreditarem que uma instituição de ensino deve ser exemplo para a sociedade no uso de fontes limpas de energia.

A edição ainda traz matérias sobre a criação na UFRRJ de um Centro Regional de Informação sobre Medicamentos (Crim), que vai tirar dúvidas e conscientizar sobre o uso indevido dos remédios; e sobre o Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT), responsável por gerir a política de inovação da Universidade.