Nada sei sobre a morte, tão pouco sobre a vida. Bruma leve, breve passageira, um sopro… esta é a vida. E nela temos muitos encontros e desencontros.

Mas algumas pessoas marcam nossos corações, enchem nossas lembranças de alegria e força de vontade. Existem poucas pessoas no mundo que não vão te julgar pela sua aparência, suas roupas, sua capacidade intelectual… Poucas pessoas que irão te motivar e sorrir para ti… E quando pensamos numa pessoa boa, contagiante e com um jeito simples, sorriso largo e que poupava julgamentos, vem a nossa mente nosso querido amigo Allan. Um homem feliz, um geógrafo em constante mudança, um filho amado, um amigo querido… O céu, noturno ganhou mais uma estrela. E no dia, mais um raio solar para brilhar.

Sempre em nossos corações, a turma 2015.1 se lembrará de ti, nos momentos que – independente da crença – conversaremos em orações. E lembraremos dos seus ensinamentos, pelo breve sopro de vida que podemos compartilhar ao seu lado e desta maneira, aprendemos com a sua presença e agora com sua saudade – que devemos cultivar sorrisos, julgar menos, amar mais, demonstrar mais, comemorar nossa paixão futibolesca e o mais importante, partilhamos momentos juntos, em churrascos e reuniões simples, mas que estaremos presentes de coração cultivando estes momentos.

E que jamais, esqueceremos da sua presença que no lugar ficou a saudade. Uma saudade apertada, latente, em cada um com sua intensidade, mas que a saudade de ti, nos encherá de alegria, porque lembraremos bem da sua maneira de viver a vida. É dificil aceitar que um ser tão amado, agora foi descansar na plenitude da paz. Mas, aos poucos, o nosso amor que nos manterá fortes, as lembranças que mantemos conosco, as nossas conversas com Deus, acalmará o nosso desamparo e levará ainda mais paz a ti, querido amigo.

Homenagem dos colegas de curso de geografia da UFRRJ ao colega Allan, que faleceu na última quinta-feira num acidente na BR 465 em frente ao Colegio Estadual Presidente Dutra.