Em reunião realizada nesta quarta-feira (4), na Câmara de Vereadores, com a presença do Delegado de Polícia da 48º DP, Dr. Mauro Lesar, o Inspector Chefe de Polícia da 48 DP, Bruno Framback, o Capitão Andrade do 24º BPM, 4º Cia, o Major Silveira do 24º BPM, representando o Tenente Coronel Brandão (CMT do 24°BPM), o Vereador Bruno do Deposito, o Coordenador de Ordem Pública da Prefeitura de Seropédica, Ivan de Faria, o 2º Sargento Edinei Feliciano da Silva, 3º Cia, BPRV, o 1º Secretário do Conselho, Alexandre Rafael, o Presidente do Conselho, Gilmar Moreira, a Presidente da OAB Seropédica, Dra. Jucimar de Almeida, o Sr Canuto, Coordenador da Guarda Patrimonial da UFRRJ.

O Secretário do Conselho, Alexandre Rafael, lê a Ata anterior, que foi aprovada por todos. Em seguida o presidente do conselho passa a palavra ao Capitão Andrade que faz uma exposição do índice de criminalidade. Em seguida foi passado a palavra ao novo Delegado Titular da 48º DP, Dr. Mauro, que se colocou à disposição da população, e, falou que vai trabalhar em conjunto com a Policia Militar, e, que em breve irá criar um Whatsapp onde a população poderá fazer as denuncias que facilitara a diminuição da criminalidade em Seropédica.

Moradores da região relataram problemas na mobilidade urbana, marcação de estacionamento nas farmácias e estacionamento para idosos ou com problema de locomoção. Moradores relataram o perigo da adutora da CEDAE estourar no centro do município. Relataram ainda que só no mês de março três adutoras estouraram no município, a sorte que foi fora da área habitacional, e solicitaram ao conselho que tomassem uma providencia.

O Vereador Bruno do Deposito, disse que colocou seu gabinete a disposição da população para os problemas relacionados a Defesa do Consumidor. Bruno relata que solicitou a CEDAE que instale em Seropédica um local para atender os munícipes. Bruno falou que fez vários ofícios e requerimentos ao DNIT, tanto para o retorno ridículo que foi feito no km 50 e sobre o termino do retorno no km 54, que está prejudicando os motoristas que por ali trafegam e precisam fazer retorno.

Outros requerimentos feito pelo Bruno, e sobre o viaduto em cima da linha férrea que prejudica os moradores do mutirão, o problema do DNIT não ter assinado o contrato para iniciar a recuperação de todos os viadutos da BR 465. O problema da iluminação da rodovia que o DNIT não resolve. O problema da construção da nova pista da Rio São Paulo, onde o DNIT em vez de retirar o asfalto velho, colocou novo asfalto por cima dou outro, criando um degrau em relação as ruas do município. 

O Vereador falou que uma empresa vai se instalar em Seropédica e o Prefeito Anabal acordou que a contrapartida será a recuperação do Centro de Seropédica. O Vereador falou que a Nova Dutra se acha dona do município, criando muito transtorno, um deles seria o pedágio que divide o município, atrapalhando o crescimento da nossa cidade. “Nosso Gabinete está tomando as medidas necessárias”. destaca Bruno.

Moradores relatam ainda sobre assaltos constantes em alguns bairros. O Capitão Andrade falou que muitos assaltos não são registrados na Delegacia, com isso prejudica a criar o mapa de risco, onde os policiais poderão fazer ações nestes lugares. Moradores reclamam sobre o novo pardal instalado em frente a UPA, existe duas placas de velocidades, uma de 50 km em frente ao Hospital Maternidade direção São Paulo, e uma Placa de 60 Km direção lado contrário, confusão criada pelo DNIT.

No termino da reunião o Presidente do Conselho , Gilmar Moreira, falou que será enviado ofícios para essas empresas, para ser resolvido os problemas relatados.