Droga foi trazida de Mato Grosso do Sul e seria levada até o Rio de Janeiro. Nervosismo do motorista despertou a desconfiança dos agentes.

1,7 ton maconha

 

Os agentes apreenderam cerca de 1,7 toneladas
de maconha na Via Dutra, altura de Seropédica
(Foto: Divulgação/ Polícia Rodoviária Federal)

 

maconha no caminhão

Policiais rodoviários federais encontraram a droga em um fundo falso do caminhão. (Foto: Divulgação/ Polícia Rodoviária Federal)

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu um homem que conduzia um caminhão que levava 1,7 tonelada de maconha escondida em um fundo falso na Via Dutra, na altura de Seropédica, na Baixada Fluminense. A apreensão aconteceu nesta terça-feira (18).

Agentes da PRF dos grupos táticos das delegacias de Duque de Caxias e Campos pararam o caminhão frigorífico. O nervosismo do motorista, de 28 anos, chamou a atenção dos agentes, que revistaram o veículo.

Em um fundo falso, os policiais rodoviários federais encontraram centenas de tabletes de maconha. Diante do flagrante, o motorista confessou que receberia R$ 15 mil pelo transporte da droga. Ele veio do estado de Mato Grosso do Sul para entregar a carga a um desconhecido, no Rio de Janeiro.

O caso foi encaminhado à Polícia Federal, em Nova Iguaçu. O motorista foi indiciado por tráfico de entorpecentes, com pena que varia entre cinco e 15 anos de prisão.

A ação de monitoramento da Via Dutra faz parte da Operação Brasil Integrado, que procura unir o trabalho de forças estaduais e federais de segurança no combate ao tráfico de drogas e armas, a sonegação fiscal e outros crimes. Foram montados cinturões de monitoramento em 20 pontos do estado.