Bloqueios são para evitar aglomerações em pontos tradicionais da celebração do Ano Nova na cidade

Prefeitura do Rio divulgou, nesta segunda-feira, os bloqueios que serão feitos na orla carioca na noite de Réveillon. As medidas são para evitar que as pessoas se aglomerem em pontos tradicionais da celebração do Ano Nova na cidade.
 
“Temos que buscar, acima de tudo, a preservação da vida e da saúde, ninguém desconhece a gravidade do covid-19. Exige dos homens públicos, medidas austeras e, com certeza, vamos encontrar por parte da população a solidariedade, o empenho e a responsabilidade necessária para que possamos evitar o aumento do contágio na cidade”, disse o prefeito em exercício, Jorge Felippe (DEM).
 

Veja os bloqueios/proibições e determinações para a virada do ano:

. Proibido o estacionamento na orla e ruas no entorno a partir de quinta

. Vedada a circulação de transporte público para acesso a Copacabana e Barra da Tijuca a partir das 20h de quinta

. Barreira de fiscalização nos limites do município para não permitir acesso de ônibus, micro-ônibus e vans de fretamento à cidade do Rio de Janeiro a partir do primeiro minuto de quinta até as 6h de sexta

. Quiosques poderão funcionar desde que sem a venda de ingressos, shows, instrumentos sonoros e sem cercados

. O uso de equipamentos de som será proibido em toda a extensão da orla a partir da 0h de quinta até as 6h de sexta

. A permanência de barraqueiro em ponto fixo, tanto na areia da praia quanto no calçadão, ficará proibida da 0h de quinta às 6h de sexta

. Proibida queima de fogos em toda a orla da cidade, incluindo na rede hoteleira, desde as 0h de quinta até as 7h de sexta.

 
O estacionamento na orla e ruas no entorno estará proibido a partir de quinta - Estefan Radovicz / Agencia O Dia
O DIA