1500 alunos das redes pública e privada de Educação participaram dos Joes 2016

Foram pouco mais de duas horas de festa que oficializaram o encerramento dos I Jogos Olímpicos Estudantis de Seropédica 2016 (Joes 2016). A solenidade e entrega da premiação aconteceram no Ginásio Poliesportivo da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRuralRJ), contando com diversas apresentações artísticas, incluindo números de dança realizados pela equipe da subsecretaria de Cultura.

O evento contou com a presença dos mascotes de Seropédica, Puppa e Bombyx, além de uma apresentação da Fanfarra Municipal de Seropédica (Famuse). Também foram realizadas performances de dança com alunos e professores do Centro Cultural de Seropédica (CCS) e da Escola Municipal Panaro Figueira. No último caso, em reconhecimento ao quantitativo de premiações recebidas pela torcida da unidade escolar na cerimônia de abertura dos Joes 2016. O tema do enredo de encerramento dos Joes 2016, que demonstrou o processo de formação do povo brasileiro sendo lido no decorrer da cerimônia, foi escrito por Welton da Silva, que é oficineiro do CCS.

Esse projeto surgiu do desejo de promover a interseção entre jovens de várias idades e classes sociais das redes municipal, estadual e particular de nosso município, sendo assim um espaço democrático. Desta forma ensinamos com as diferenças, incentivamos o espírito competitivo e distinções de raça e classe social são minimizadas. O esporte traz isso de bom: disciplina, foco, respeito às regras e ao adversário. Independente do resultado, saiam daqui de cabeças erguidas. Não só pelas medalhas, saiam de cabeça erguida por terem representado suas escolas com dignidade, respeito e companheirismo”, disse a secretária de Educação, Cultura e Esporte Lúcia Baroni aos alunos que participaram dos Joes 2016.

O evento contou com a presença dos mascotes de Seropédica, Puppa e Bombyx, além de uma apresentação da Fanfarra Municipal de Seropédica (Famuse). Também foram realizadas performances de dança com alunos e professores do Centro Cultural de Seropédica (CCS) e da Escola Municipal Panaro Figueira. No último caso, em reconhecimento ao quantitativo de premiações recebidas pela torcida da unidade escolar na cerimônia de abertura dos Joes 2016. O tema do enredo de encerramento dos Joes 2016, que demonstrou o processo de formação do povo brasileiro sendo lido no decorrer da cerimônia, foi escrito por Welton da Silva, que é oficineiro do CCS.

Esse projeto surgiu do desejo de promover a interseção entre jovens de várias idades e classes sociais das redes municipal, estadual e particular de nosso município, sendo assim um espaço democrático. Desta forma ensinamos com as diferenças, incentivamos o espírito competitivo e distinções de raça e classe social são minimizadas. O esporte traz isso de bom: disciplina, foco, respeito às regras e ao adversário. Independente do resultado, saiam daqui de cabeças erguidas. Não só pelas medalhas, saiam de cabeça erguida por terem representado suas escolas com dignidade, respeito e companheirismo”, disse a secretária de Educação, Cultura e Esporte Lúcia Baroni aos alunos que participaram dos Joes 2016.

A cerimônia também contou com a participação do secretário de Serviços Públicos, Luzemir Ramalho, e das subsecretárias de Ensino e de Cultura, Eliana Cristina e Nádia Alvarez.

“A importância social do Esporte tem sido ressaltada nas ações da Prefeitura através da Smece, a quantidade de crianças e jovens que estão participando dos Joes 2016 comprova isso, foram dias de competição onde nossos alunos aprenderam sobre valores que levarão por toda a vida, que se sobrepõem à prática esportiva. Acreditamos que a tríplice composta por Ensino, Cultura e Esporte é a melhor forma de garantirmos a formação dos nossos futuros cidadãos, que terão em suas formações conceitos que englobam os três setores do nosso conceito inovador de Educação”, destacou o Prefeito Martinazzo.

Os Jogos Olímpicos Estudantis de Seropédica 2016 envolveram mais de 1500 estudantes de 15 escolas municipais e particulares do município, que participam dos jogos nas modalidades Voleibol, Futebol de Salão; Basquetebol; Futebol Society; Handebol e Taekwondo. Após os jogos finais das modalidades esportivas todos os atletas se deslocaram para o local onde foi realizada a entrega de troféus e medalhas, além do encerramento oficial da programação, que movimentou as torcidas das escolas.

Segundo a subsecretária de Esporte, Suelen Soares, a prática esportiva é um valioso instrumento de transformação, pois trabalha de forma multidisciplinar às dimensões afetivas, cognitivas e socioculturais dos alunos. “Os jogos precisam trabalhar não apenas a formação do atleta, mas também preocupar-se com a formação humana, já que o objetivo não é o alto rendimento do aluno, mas sim, o aprendizado”, disse.

0b2899bf-56fa-4f7c-a2c2-442db6382e3c2bba7dc7-e280-4a3d-9396-bb641414bec2 8f014005-2038-4d26-8be1-6f7600c59d03 32828be0-7bef-4b90-a949-ea8ff6d22b8b 95045b6b-965f-4e0f-a030-e19bec640699 3264801b-6d87-45db-b81e-e4288b5ec066 a6668d6a-1e7b-4a44-a5cb-09f8631f7756 cefb50ab-9195-4724-bb90-6ae5871e8da7 ec229a7a-94b5-4343-a238-5076cd1ca86d f7e0f241-d5db-4e3d-b76e-13e467c7dfea

Texto: Ana Paula Jacintho // Hudson Glória

Fotos: Brunno Rangel

 

Faça o seu comentário