O Norte e Nordeste brasileiros são culturalmente ricos e inspiram diversas formas de manifestações artísticas e culturais, que são reproduzidas ao longo de todo território nacional. No último sábado (08) a Escola Estadual Municipalizada Prof.º Paulo de Assis Ribeiro realizou a segunda edição de um evento denominado Expo Brasil, o tema da festividade foi Amazônia Tawapayêra – Aldeia Mística, e tinha por objetivo homenagear a região norte.

Segundo o Animador Cultural da escola e Coordenador do Evento, Izidro Cassilhas, o nome Tawapayêra se refere a uma tribo indígena mística, onde acreditava-se que a criação do mundo fora semelhante a explosão de uma flecha. A festa foi uma homenagem ao Festival de Parintins.

A Cia de Arte Folclórica Teatral da escola realizou 32 coreografias, totalizando uma hora e quarenta minutos de espetáculo, envolvendo todos os alunos da unidade escolar, da Educação Infantil ao 8º ano, que foram os artistas, e a comunidade local, que assistiu a um espetáculo digno de aplausos e se divertiu com diversas atrações.
Além da apresentação principal também participaram do evento o grupo Emosamba, a Banda Marcial Céu Azul, da Escola Municipal Valtair Gabi, e o Grêmio Recreativo Bloco Carnavalesco União da Ponte (G. R. B. C. União da Ponte).

“Buscamos através da Expo Brasil homenagear as manifestações culturais das diferentes regiões do Brasil, nesse ano escolhemos a região Norte, o espetáculo mostrará um pouco do espetáculo do Boi Bumbá Caprichoso. Mesmo sem conhecer essas regiões é importante que os alunos e a comunidade aprendam a respeitar a diversidade cultural brasileira, e esse evento tem essa função”, disse Redjane Martins, diretora da E.E.M. Prof.º Paulo de Assis.

10174934_316422988563534_7408377906558803561_n

10346606_316422951896871_922697781811124388_n

10351606_316422955230204_6470020011375827199_n

10422053_316422975230202_506926768010435147_n

10435029_316422998563533_8365671420515156316_n

10690160_316422985230201_1005566122275594926_n10712847_316422995230200_1400572115580947052_n

 

Faça o seu comentário