Uma semana tem mais de dez mil minutos. Que tal usar apenas 10 para afastar o perigo da dengue?

Segundo a Secretaria de Saúde e Defesa Civil de Seropédica o projeto é inspirado em uma estratégia de controle do Aedes aegypti adotada em Cingapura, que foi capaz de interromper o pico de epidemia no país com ações semanais da população dentro de suas residências, de apenas 10 minutos, para limpeza dos principais criadouros do Aedes Aegypti.
O mosquito transmissor da dengue vive e se reproduz dentro das nossas casas. Agindo uma vez por semana na limpeza de criadouros, a população interfere no desenvolvimento do vetor, já que seu ciclo de vida, do ovo ao mosquito adulto, leva de 7 a 10 dias. Com uma ação semanal, é possível impedir que ovos, larvas e pupas do mosquito cheguem à fase adulta, freando a transmissão da doença.

Em março de 2011, a ação ganhou as ruas da cidade de Seropédica em um projeto piloto para a aplicação desta estratégia, e a partir deste ano a prefeitura de Seropédica tem aplicado este plano em todo município, envolvendo as Escolas Municipais e os moradores de cada Bairro onde o projeto e desenvolvido. Hoje 05/05 foi recomeçado as atividades do Projeto “Meu Bairro Sem Dengue”, as ações foram realizadas nos Bairros São Miguel, Santa Sofia e Fonte Limpa.

Os Agentes de Combate a Endemias, Agentes Comunitários de Saúde, Coordenação do Programa Saúde na Escola, Educação e Promoção da Saúde, e com apoio do grupo Vigidesastre (“vigilância em saúde de agravos relacionados aos desastres naturais e atua de forma integrada com as instituições envolvidas de acordo com as diretrizes da Defesa Civil Municipal”), que visitaram cerca de cinco mil residências para orientar e verificar possíveis focos do mosquito Aedes Aegypti onde os munícipes foram convocados para participarem nesta guerra, contra o mosquito da dengue.

O Secretário de Saúde e Defesa Civil de Seropédica, Marcus Baroni, falou da importância da participação popular e o apoio da Secretaria de Educação no combate ao mosquito: “Precisamos intensificar a prevenção, através dos 10 minutos é possível evitar o foco do mosquito nas residências, entretanto, todos devem fazer a sua parte”, finalizou.

2345

Faça o seu comentário