Prefeitura de Seropédica através das equipes da Coordenação de Ações Prevenção e Combate as Endemias não têm dado trégua ao mosquito Aedes Aegypti transmissor da Dengue, zika vírus, chikungunya e febre amarela.

Nesta terça-feira (15), 156 funcionarios de combate a zoonoses vistoriaram 1012 imóveis, entre 840 residenciais, 110 terrenos baldios, 62 comércios, e colhidos 12 focos que foram encaminhados ao laboratório de fonologia para identificação das larvas.

Este foi o segundo mutirão, da série que estão sendo realizados no município, após o resultado do Liraa (Levantamento de Índice Rápido de Aedes Aegypti) deste mês janeiro. A prioridade é atingir as regiões da cidade que segundo a pesquisa possuem os maiores índices de infestação do Aedes aegypti, mosquito transmissor da Dengue, Zika Vírus e Febre Chikungunya.

Durante as visitas foram encontrados e eliminados 12 focos de proliferação do mosquito, além disso, 176 pessoas foram abordadas pela equipe de educação em Saúde para orientar sobre as formas de cuidado contra a dengue, e foram distribuídos 2000 informativos (Chek list, folders e cartazes).

O Coordenador de Ações Prevenção e Combate as Endemias Adilson Braga, e o Supervisor da Campo Laercio Nascimento, coordenaram todas as ações que foram realizadas no bairro Santa Sofia, que possuiu 6.810 imóveis, entre casas e comercio.  

Adilson Braga enfatizou que estes mutirões são apenas os primeiros de uma série que serão realizados no município para tentar conter a infestação do mosquito. Os dados do Liraa são sempre usados como base para direcionar as ações aos locais onde a situação é mais preocupante.

Laercio Nascimento lembra que essas ações visam bloquear o avanço da doença em nosso município, destruindo criadouros do mosquito, levando educação em saúde à população, realizando bloqueios químicos com inseticidas e notificando proprietários de terrenos baldios que não realizam a limpeza correta destes imóveis.

Denúncias de quintais sujos ligue: 21 3782-4985

Faça o seu comentário