O Município de Seropédica, realizara neste sábado (27), no horário de 8:00 as 17:00 horas, o Dia “D” Contra Febre Amarela. O Prefeito Anabal Barbosa de Souza, determinou a Secretaria de Saúde e Defesa Civil, que todos os Postos de Saúde estejam abertos para atender toda população. “A imunização é a forma eficaz de prevenir a doença, o município tem as vacinas disponíveis para dar a população.”. Destaca Anabal.

A Febre Amarela é classificada como uma doença infecciosa grave. Ela provoca febre, calafrios, dor de cabeça, dores nas costas e no corpo, náuseas e vômitos, fadiga e fraqueza. Os primeiros sintomas aparecem de 3 a 6 dias depois da infecção. Aos primeiros sinais, procure um serviço de saúde.

A vacina contra a febre amarela faz parte do calendário básico de vacinação da criança e do adulto. Esta vacina deve ser aplicada para todos com mais de 9 meses de vida, especialmente até 10 dias antes de viajar para um local afetado, sendo aplicada por um enfermeiro no braço num posto de saúde. Porém, quem já fez esta vacina completa, pelo menos 1 vez na vida, não precisa voltar a fazer a vacinação antes de viajar, já que se encontra protegido para o resto da vida.

Os bebês com mais de 9 meses de vida já podem tomar a vacina, principalmente se vivem em locais onde há risco da doença. A vacina também é recomendada para pessoas que trabalham com turismo rural e trabalhadores que precisam entrar na mata ou floresta destas regiões. A tabela a seguir indica a necessidade da toma da vacina em várias idades:

Idade Como tomar
Bebês de 6 à 8 meses Tomar 1 dose em caso de epidemia ou se for viajar para área de risco
De 9 meses à 4 anos Tomar 1ª dose aos 9 meses e outra aos 4 anos
+ de 5 anos

(que já tenha tomado 1 dose)

Tomar mais 1 dose de reforço
+ de 5 anos (sem nunca ter tomado esta vacina) Tomar a 1º dose e fazer reforço após 10 anos
+ de 5 anos

(que já tenha tomado 2 doses)

Não precisa 
+ de 60 anos Avaliar cada caso com o médico
Gravidez Não é recomendado, somente se houver extrema necessidade
Amamentação de bebê com menos de 6 meses Não é indicado porque a vacina passa pelo leite
Amamentação de bebê com mais de 6 meses Tomar 1 dose em caso de epidemia na região ou se for viajar para área de risco. Cessar a amamentação por 28 dias após a toma da vacina
Se viajar para área de risco
  • Se for a primeira dose dessa vacina: Tomar 1 dose pelo menos 10 dias antes da viagem
  • Se já tomou esta vacina antes: Não precisa tomar.

 

Faça o seu comentário