Clínica da Família de Seropédica em fase de montagem das vigas de sustentação

A Clínica da Família fazem parte do Programa Saúde Presente do Governo do Estado, que marca o início de uma nova fase para o atendimento de saúde em Seropédica. O modelo tem como objetivos trabalhar a prevenção e a promoção da saúde do cidadão. Nesse sentido, a Clínica da Família representam um marco na reformulação da Atenção Primária.

A construção da unidade da Clínica da Família situada no Bairro Campo Lindo (Vasquinho), que está em fase da montagem das vigas de sustentação e dentro de dois meses estará pronta. A unidade é maior que as demais e atuará com três equipes de Saúde da Família. “Com a inauguração desta Clínica da Família, estamos avançando com qualidade na saúde primária de Seropédica. Esta é uma unidade especial, maior, com mais equipes para atender a população com todo o carinho e cuidado de que ela precisa”, afirmou o prefeito Martinazzo

As Clínicas da Família vão contar com uma equipe multidisciplinar de médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, dentistas, agentes comunitários e de vigilância em saúde, técnicos de saúde bucal, e outros. A unidade possuirá capacidade para atender a 3000 famílias da região e do entorno. As instalações incluem 3 consultórios, 3 gabinetes odontológicos, salas para nebulização, vacinas, curativo, medicação e farmácia. Além disso, o prédio é adaptado para receber pessoas com necessidades especiais e possuirá ainda sala para reunião e palestras. “Esta estrutura vem completar o modelo adotado por esta gestão, que dá prioridade à saúde primária e acaba com o padrão perverso que centralizava todo o atendimento nos prontos-socorros dos hospitais”, salientou o secretário de Saúde Marcus Baroni.

A construção de unidades de atendimento primário e a contratação de equipes de Saúde da Família fazem parte da mudança de modelo da assistência hospitalar. O novo sistema permite que a população seja atendida por profissionais de diversas áreas em unidades de urgência e emergência, deixando para os prontos-socorros apenas os casos mais graves, evitando, assim, a superlotação dos hospitais. “Com a entrega das unidades de saúde estamos garantindo que a população tenha atendimento de saúde de qualidade e gratuito, com bom funcionamento de toda a rede”, destacou Baroni.

23456

 

The following two tabs change content below.

Luiz Calderini

Edição de matérias sobre Seropédica e atualidades.

Comentários